Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Síria aceita participar de grupo com a ONU para redigir nova Constituição

ONU/Violaine Martin

O governo sírio aceitou participar de um grupo de especialistas que vai lançar um processo técnico para a elaboração de uma nova Constituição para o país. O trabalho também contará com a participação da oposição e é um dos eixos das negociações de paz que ocorrem em Genebra com mediação da Organização das Nações Unidas (ONU). A informação é da agência EFE.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

“Temos o prazer de anunciar o início das reuniões de especialistas sobre questões e ideias para o processo constitucional, incluídos princípios de convivência”, declarou em um breve comunicado o enviado especial das Nações Unidas para a Síria, Staffan de Mistura. Segundo ele, a primeira reunião nesse sentido – que contará com a participação de representantes do governo sírio e da ONU – acontecerá nesta quinta (18) mesmo.

Pontos de aproximação
O negociador-chefe do governo sírio e embaixador do país perante a ONU, Bashar Yafari, explicou à imprensa que se tratará de uma “reunião informal” entre os especialistas constitucionais de sua delegação e da equipe de Staffan de Mistura. No encontro, deve começar a ser discutido um documento de 12 pontos, no qual o enviado da ONU identificou os princípios básicos de certa aproximação entre o regime do presidente Bashar al-Assad e a oposição.

“Esperamos que este passo ajude a impulsionar o processo de Genebra [visando a paz na Síria] com a seriedade que todos exigem das negociações”, disse Yafari. Ele enfatizou que uma eventual nova Constituição para o seu país “é um direito exclusivo dos sírios” e que Damasco “não aceitará nenhuma interferência estrangeira” em sua elaboração.

No início da atual sexta rodada de negociações, na terça-feira (16), Mistura indicou às delegações do governo e da oposição síria – com as quais se reúne separadamente – a intenção de criar um processo de natureza técnica para avançar em questões constitucionais e legais importantes neste processo diplomático.

Agenda
A redação de uma nova Constituição é um dos quatro temas centrais da agenda estipulada pelo governo e a oposição, com a mediação da ONU. A agenda inclui ainda a criação de um governo, inclusivo, não sectário e com credibilidade; a realização de eleições livres e justas supervisionadas pelas Nações Unidas; e a luta contra o terrorismo.

Espera-se que agora a delegação oposicionista transmita à ONU a sua disposição de participar deste processo visando a futura Constituição. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm