Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Municípios mineiros recebem tanques de resfriamento de leite

Seda/Divulgação

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda), realizou em Belo Horizonte, a entrega de tanques de leite para os municípios de Mariana (Território Metropolitano) e Senhora dos Remédios (Território Vertentes). Ao todo, foram doados quatro tanques de resfriamento de leite, com capacidade de dois mil litros cada um, sendo dois destinados à Prefeitura Municipal de Senhora dos Remédios e dois para a Prefeitura Municipal de Mariana.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os tanques foram adquiridos com recurso de emenda parlamentar para a ação de fomento à produção sustentável da agricultura, criação animal e extrativismo. O valor de cada tanque de leite é de R$ 11 mil. A ação é estratégica para garantir a qualidade, o suporte e o apoio à pequena produção de leite sendo fundamental para o desenvolvimento rural a partir da agricultura familiar.

A cadeia produtiva do leite tem muita importância para a economia de municípios de pequeno porte, que apresentam necessidade de incentivos para a melhoria desta produção e comercialização, pois os impactos nos arranjos econômicos são em escala regional.

Para a prefeita de Senhora dos Remédios, Sônia Milagres, cerca de 75% da população do município vive na zona rural. “Hoje, os nossos produtores, a maioria deles, possuem pequenas propriedades de pecuária leiteira e eles necessitam do tanque para o resfriamento, então essa entrega é muito importante. Os tanques serão destinados para duas comunidades rurais, beneficiando cerca de 40 propriedades”, disse.

O acesso dos produtores de leite a tanques de resfriamento representa uma medida com impacto direto na melhoria da qualidade do leite e seus derivados, com rebatimentos na ampliação do mercado para comercialização.


A destinação dos tanques deverá criar melhores condições aos agricultores dos municípios de Mariana e Senhora dos Remédios para conservar, armazenar e resfriar o leite, sendo possível dinamizar a economia local e regional da cadeia produtiva, bem como agregar valor ao produto e gerar renda as famílias envolvidas na atividade leiteira.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania do município de Mariana, Juliano Magno Barbosa, cerca de 60 produtores serão beneficiados com essa entrega. “Esses tanques serão destinados para a bacia leiteira do nosso distrito de Águas Claras que já tem uma associação e uma produção grande, é mais um mecanismo para fomentar a produção de leite na região de Mariana”, disse.

Inclusão na cadeia produtiva
O secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário em exercício, Alexandre Chumbinho, afirma que a entrega fortalece as pequenas agroindústrias familiares e cooperativas, que muitas vezes não têm acesso aos equipamentos necessários à produção.

“Viabilizar o acesso aos tanques de resfriamento do leite trata-se de uma entrega fundamental para incluir os produtores na cadeia produtiva do leite, uma vez que se trata de uma exigência para o laticínio, importante para aumentar o poder de barganha no preço do leite e poder na compra de insumos, a redução do custo de transporte e o cumprimento às normas sanitárias. O resfriamento do leite, em menos de duas horas após o término da ordenha, inibe o crescimento de microrganismos, ou seja, evita a alteração das características de qualidade do leite, como fermentação da lactose e degradação da proteína e gordura”, explica Chumbinho.

Perfil dos municípios
Mariana (MG) possui população estimada em 59.343 habitantes (IBGE, 2016). Conforme censo agropecuário, foi produzido o volume de cerca de 5 milhões de litros de leite em 2015. Além disso, o rompimento da barragem de Fundão inviabilizou a intensidade da atividade minerária no município, o que possibilita a retomada da agricultura familiar como alternativa de produção e geração de renda.

Senhora dos Remédios (MG) possui população estimada em 10.604 habitantes (IBGE, 2016). Sua economia tem como principal setor a agropecuária, sendo um total de 4.274 vacas ordenhadas, 140 unidades agropecuária produzindo o volume de 7,1 milhões de litros de leite em 2015, conforme dados do IBGE. Com Agência Minas

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm