Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Circuito Rios e Ruas mostra as águas subterrâneas da capital paulista

Bruno Bochinni/Agência Brasil

A terceira etapa da corrida, caminhada e passeio em família do Circuito Rios e Ruas será realizada domingo (17) na capital paulista. O público poderá conhecer os rios e córregos que passam por baixo das áreas urbanizadas da cidade, na região dos parques Cândido Portinari e Villa Lobos. No evento Rumo a Brasília 2018, reunião preparatória ao 8º Fórum Mundial da Água, o criador do circuito, Charles Groisman, falou da importância de sensibilizar as pessoas sobre o tema da preservação.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

“A ideia é sensibilizar esse exército de pessoas, que mudaram o comportamento e integraram o bem-estar à sua vida para ser agente sensibilizador e transformador de uma nova realidade ambiental. E aí nasceu o projeto: para integrar bem-estar, a arte e educação para a sustentabilidade”, disse Groisman.

Nos locais onde ocorrem as caminhadas e corridas, há uma mostra cultural que trata da história da urbanização da capital paulista. Ao longo do trajeto, há sinalização da presença dos rios e córregos subterrâneos, o que, muitas vezes, é desconhecido pelos participantes do circuito. “A gente cuida do que conhece, então quanto maior o número de pessoas que conhecerem essa realidade [das águas subterrâneas], maior será o das que vão cuidar do seu rio interno e do seu rio externo”, disse.

O circuito já está na 4ª edição, que é composta por três etapas cada uma. Em cada etapa, o público tem a oportunidade de conhecer uma região diferente. “[Uma das etapas é no] Vale do Anhangabaú-Itororó, que é o centro histórico. No cinza de São Paulo, não acreditamos que tenha rios presentes; [na segunda etapa] temos as nascentes do Rio Ipiranga, que é no zoológico e Jardim Botânico, com a presença rica de água e animais”, contou o criador do circuito.

A terceira etapa, no próximo domingo, será “Às Margens do Rio Pinheiros”, nos parques Cândido Portinari e Villa Lobos, zona oeste da cidade. O Rio Pinheiros já foi navegável e de águas limpas até a década de 20.

Os três roteiros foram criados em torno de rios invisíveis e sobre bacias hidrográficas distribuídos pela capital, chamando a atenção para a questão hídrica e para a urbanização desordenada a que foi submetida a cidade.

Groisman destacou que haverá um QR code no final da exposição, que levará para um link com o mapeamento hidrográfico de São Paulo. Nesse endereço, o visitante digita um Código de Endereçamento Postal (CEP) e descobre qual é o rio mais próximo daquele local. Essa é outra ferramenta para que as pessoas possam conhecer os rios mais próximos de onde estão. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm