Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Fórmula de sucesso de Yves Andaku

Profissional respeitado e bastante disputado pelos escritórios de management, o paulistano Yves Andaku fez carreira dentro do show business atuando como produtor artístico e principalmente na área de comunicação, com ênfase em rádio. Engenheiro eletrônico por formação, em 1992 Yves foi designado pelo Grupo Bandeirantes (de quem era funcionário) a cuidar de questões técnicas referentes à criação de sua rede de rádio via satélite. “Passei a viajar o Brasil para conhecer emissoras interessadas em se afiliar à Band e fazer os ajustes técnicos necessários. Isso me proporcionou criar relacionamento com os profissionais do meio e foi a base para que eu começasse, mais tarde, a atuar com promoção e divulgação”, explica Andaku, que permaneceu no grupo de comunicação até 1997.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em paralelo ao trabalho de engenheiro responsável pelo suporte técnico às afiliadas da Band FM, Andaku juntou-se aos radialistas Joca Ribeiro e Cesar Rosa para a criação da Columbus Network, que prestava serviços às novas emissoras da rede na produção de conteúdo, produção e gravação de comerciais. Um tempo depois, ele e Rosa fundaram a Pro Sound, empresa que se mantém ativa até hoje. “Com a Pro Sound, passamos a trabalhar para as grandes gravadoras na produção dos chamados IDs, nos quais o artista ia até o estúdio e gravava vinhetas personalizadas para centenas de emissoras de rádios”, explica.

Em 2005, Joca Ribeiro – que também fez história no show business e à época trabalhava no fortalecimento da então iniciante dupla Victor & Leo –, procurou Andaku interessado na gravação de vinhetas IDs. A relação do profissional com a dupla estreitou-se. “Em 2006 acabei participando da ida deles para Uberlândia, quando passaram a ter o radialista Luiz Antonio Pedreira (então diretor da Paranaíba FM) e Alexandre Mello como managers e explodiram no mercado”, relembra.

Em 2007, Pedreira convidou o engenheiro para trabalhar com Victor & Leo na área de produção de shows, onde ele ficou até 2013 – em alguns momentos, mantendo ativos projetos de sua produtora de conteúdo para rádios. Nesse período de quase sete anos, Andaku atuou como produtor de shows da dupla e esteve à frente do projeto em áudio e video Ao vivo em Floripa, cujo CD ganhou o Latin GRAMMY em 2012.

Parceria com Sorocaba
Em outubro de 2013, Yves Andaku assumiu o departamento de Eventos da FS Produções, do cantor Sorocaba, realizando algumas edições do Festival FS, em cidades como Florianópolis e Vitória. No início do ano seguinte, cuidou da gravação dos DVDs de Thaeme & Thiago (no Citibank Hall, em São Paulo) e de Lucas Lucco (em Patrocínio/MG). Ainda em 2014, passou a gerenciar o Departamento de Rádios da empresa, ao qual ficou vinculado até meados de 2016. “Foi uma experiência muito interessante. Estreitei o relacionamento com profissionais sensatos e focados na busca pelo sucesso, como Sorocaba, Fábio Dalua e Rodrigo Byça. Tive o prazer de coordenar projetos de divulgação envolvendo todos os artistas do cast da empresa”, afirma.

Na ocasião, Andaku não se desvinculou da FS, mas sim deixou de dar expediente diário, passando a prestar serviços para a empresa – o que ocorre até hoje. O motivo: ele aceitou o convite de Leo para voltar para Uberlândia, onde cuidaria de um escritório artístico que o sertanejo planejava abrir na cidade. Como os planos de Leo Chaves entraram em banho-maria, Andaku aproveitou para tirar do papel o projeto de abrir um escritório no formato 360º. Criou o L.A. Brasil Produções, em São Paulo, que por ora dá ênfase àquilo em que ele tem maior expertise, as áreas de Marketing, Promoção e Divulgação.

Atualmente, além do cast da FS Produções, Yves presta serviços para vários artistas, como Mariana Fagundes, Pedro Paulo & Alex, Luciana Villar e Victor & Diogo. Segundo ele, o segredo, tanto para os nomes conhecidos como para os emergentes, é estar sempre presente, de forma positiva, na mídia. “É preciso um bom planejamento e muito network. Se você é de Minas e está começando, deve focar primeiro no estado ao invés de sair investindo em outras praças. Ou seja, fique forte em sua região e só depois comece a buscar outros mercados. Também não adianta gastar toda a verba em uma só música ou em curtos períodos de tempo. É melhor diluir o valor em um tempo bem maior, investir em algumas praças e usar o network para negociar promoções e ações sem custo em outras”, sugere. “Apesar de entender a força das redes sociais, ainda acredito no rádio como principal vitrine para um artista fazer sucesso. Mas procuro mostrar aos meus clientes que o mais importante é pulverizar a execução, sem comprometer o investimento. Nem sempre alcançar o primeiro lugar nas paradas justifica o custo-benefício”, ensina.

Como exemplo, Yves Andaku cita o caso da dupla Victor & Diogo, sua cliente. “Ela é de Maringá, então começamos a divulgar a música de trabalho, Portão de Grade, basicamente no norte do Paraná. Devido à ótima repercussão junto ao público, a faixa foi se expandindo de maneira orgânica e chegou a entrar espontaneamente na programação de muitas rádios do interior de São Paulo, em cidades como Ourinhos e Avaré. Em função disso fizemos um aporte de investimento em promoções nessas emissoras e a repercussão aumentou ainda mais”. Com Portal Sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm