Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Prefeitura do Rio recebe ação do MP por terceirizar educação

O Ministério Público Estadual entrou com uma ação na Justiça contra a prefeitura do Rio de Janeiro, por terceirização irregular na educação infantil. De acordo com o Ministério Público, a prefeitura tem contratado auxiliares de atendimento à criança que não atendem à qualificação legal exigida para profissionais da educação.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo as investigações, Coordenadorias Regionais de Educação do Município celebraram em 2017, pelo menos, 15 diferentes contratos para a prestação de serviço de auxiliar de atendimento à criança, embora não exista este cargo na legislação da prefeitura.

De acordo com os promotores, a terminologia diferente foi usada para burlar a lei. A única função prevista é a de agente de educação infantil, cuja contratação deve se dar por meio de concurso público.

Vários profissionais contratados como auxiliares de atendimento à criança, segundo o Ministério Público, tem apenas o ensino fundamental, enquanto o cargo de agente de educação infantil requer a formação mínima em ensino médio na modalidade normal.

Diante da situação, a ação pede que nenhum desses contratos sejam realizados e que a prefeitura seja impedida de pagar esses profissionais com recursos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica.

Além disso, a ação demanda também que a prefeitura seja obrigada a apresentar um plano de ação de concurso público para contratação de agentes de educação infantil respeitando o mínimo de 90% dos profissionais admitidos por concurso, como estabelece o Plano Nacional de Educação.

Os contratos celebrados em 2017 foram firmados com a empresa Tauros Services – Eireli e até janeiro deste ano somaram R$ 30 milhões. O Ministério Público afirma que estão em curso outras investigações sobre contratações supostamente irregulares pela prefeitura na educação infantil envolvendo empresas ou organizações sociais.

A Secretaria Municipal de Educação do Rio informou, por meio de nota, que prestará todos os esclarecimentos necessários ao Ministério Público e à Justiça. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm