Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Antônio Júlio confirma que servidores municipais não terão correção salarial neste ano eleitoral

prefeitura_parademinas2016
Os efeitos da crise econômica que o país atravessa continuam refletindo no setor privado e na administração pública. A queda na arrecadação vem comprometendo até os serviços essenciais à população e os gestores trabalham em estado de alerta.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os governos federal, estaduais e municipais precisam enxugar a máquina pública, cortar gastos efetivamente e mudar o rumo do endividamento das contas públicas. Caso contrário a situação só será agravada.

O efeito cascata poderá ocorrer nos próximos meses depois que o presidente interino Michel Temer apresentar propostas de mudança na Previdência Social, na área trabalhista e a recriação da Contribuição Provisória sob Movimentação Financeira (CPMF).

Enquanto isso os estados e principalmente os municípios estão com recursos minguados e em alguns casos a folha de pagamento está sendo parcelada, como é o caso dos estados do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro.

Em Pará de Minas o prefeito Antônio Júlio de Faria continua fazendo todo o possível para garantir o pagamento todo quinto dia útil do mês. Mas, o chefe do Poder Executivo Municipal informou que este ano não haverá como conceder nem mesmo a correção anual com base no índice de inflação.

Ele explicou que além da escassez de recursos para arcar com a obrigação, a Lei Eleitoral proíbe o reajuste de salário dos servidores públicos municipais durante o ano das eleições para prefeito e vereadores:

Antônio Júlio de Faria
antjul_salrserv1

O gestor público municipal voltou a dizer que a situação é muito complicada e o pagamento do funcionalismo público de Pará de Minas está em dia. Segundo ele os servidores estão compreendendo o momento delicado:

Antônio Júlio de Faria
antjul_salrserv2

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), oÍndice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país ficou em 0,96% em dezembro, fechando o ano de 2015 em 10,67%, a maior taxa desde 2002.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm