Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Wesley Safadão comenta atual momento da carreira

Ao contrário do que ocorria nos tempos da banda Garota Safada, hoje em dia Wesley Safadão é muito mais que um artista contratado da Luan Promoções, de Recife, empresa à qual tem vinculo há dez anos. Agora, a relação é outra. “Eu e os donos da empresa somos parceiros”, resume ele, que repete em 2017 o que já havia acontecido no ano passado: é o artista solo mais disputado do mercado de shows. De novo fechará o ano com mais de 200 apresentações realizadas, a grande maioria em eventos abertos, para milhares de pessoas. Tamanha popularidade levaram Safadão e sua empresa a criar projetos próprios, como os festivais Garota Vip e Garota White, que vem sendo realizados em importantes cidades do país tendo o artista como atração principal – mas reunindo também nomes conhecidos nacionalmente, de diferentes gêneros.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

No final de agosto, Safadão e sua gravadora Som Livre lançaram o DVD WS In Miami, gravado em abril num resort em Miami Beach, na Flórida. Em 11 de setembro, chegou às plataformas digitais o novo single do artista, Sonhei que tava me casando, presente no repertório do DVD registrado nos Estados Unidos. Rapidamente, a faixa alcançou as paradas de sucesso e seu clipe registrou 2,5 milhões de visualizações em apenas 24 horas. Poucos dias depois, enquanto se preparava para mais uma tour internacional (três shows nos Estados Unidos – em Pompano Beach, Newark e Boston), conseguimos um bate-papo exclusivo com o artista, que você confere a seguir:

Show Business + SUCESSO! – Que músicas você considera mais importantes em sua fase solo?
WESLEY SAFADÃO – Difícil escolher… Com certeza, algumas foram fundamentais, especialmente Camarote (2015), um grande divisor de águas na minha carreira. Outra é Meu coração deu PT, que foi muito bem no ano passado. Este ano, fui presenteado com a inclusão de Coração machucado numa trilha de novela (A Força do querer). Era um sonho que eu tinha e que acabo de realizar.

Você é sócio de projetos como Garota VIP e Garota White. Fale a respeito.
O Garota VIP começou em Fortaleza há alguns anos, ainda na época da banda Garota Safada. Já foi realizado em dezenas de cidades e cada edição supera a anterior. São mais de três horas de show e apresentações de muitos artistas renomados do país. Este ano teremos edições em Manaus (outubro), além de Teresina, Recife e São Paulo, todas em dezembro. Já o Garota White é a uma festa-conceito em que todos se vestem de branco, tem um palco diferente. Um evento que destaca muito o visual. Realizamos este ano no Espaço das Américas (São Paulo) e foi um sucesso. Contamos até com a presença dos craques Neymar e Gabriel Jesus. Em outubro, acontecerá uma edição em Fortaleza e no dia 30 de dezembro, faremos um pré-reveillon do Garota White em Maceió.

Fale sobre a histórica edição do Rio de Janeiro do Garota Vip, onde você chegou a chorar de emoção.
Nossa, faltam palavras para descrever essa edição, foi realmente excepcional! Foi a primeira no Rio e eu fiquei muito agradecido. Esperávamos em torno de 25 mil pessoas e conseguimos levar mais de 50 mil. A Cidade do Rock se transformou no palco do forró. Quando terminou o show, foi uma mistura de emoções. Não contive as lágrimas ao receber o abraço do meu empresário Renan Nóbrega. Nós sabemos da nossa batalha e ver aquela multidão no Rio de Janeiro, uma praça onde é extremamente difícil de se entrar, foi muito gratificante.

A Audiomix representa você em algumas praças? E como anda sua relação com o megafestival Villa Mix, onde você já se apresentou por diversas vezes?
A Luan tem uma boa parceria com a Audiomix. O festival deles é muito importante. A estrutura do evento é maravilhosa. A edição de Goiânia deste ano, onde cantei no dia 2 de julho, foi espetacular.

Você com frequência grava duetos com outros artistas. Como avalia essa generosidade mútua dos grandes nomes, ao aceitar fazer participações em projetos uns dos outros e até em projetos de artistas menos conhecidos?
Música é uma arte que mexe com sentimentos, lembranças, marca fases na vida das pessoas… Nosso Brasil é um grande celeiro de cantores e compositores talentosos de inúmeros gêneros. Então, quanto mais nos unirmos em prol de um bom espetáculo, mais o público vai gostar e se identificar.

No seu caso, antes dessa fase fenomenal que você vive, houve algum dueto que foi representativo para alavancar sua carreira em praças onde você ainda não era tão conhecido?
A parceria com a dupla Marcos & Belutti na música Aquele 1% (2015) foi muito especial. A música tocou muito, de norte a sul. Posso considerar que depois desse trabalho minha carreira se expandiu ainda mais.

A propósito, há algum artista com o qual você gostaria de fazer dueto (independente do gênero)?
Um grande sonho que tenho é de cantar ao lado de Roberto Carlos. Sou muito fã dele. Tenho muitos ídolos, mas Roberto é o maior deles.

Acha que o público sempre vai associar seu nome ao de um artista que põe a galera pra dançar ou você pensa em aumentar o repertório de baladas românticas, de músicas feitas pra “ouvir”?
Considero que estou numa estrada e limitar esse caminho a um rótulo seria diminuir tantos anos de esforço e dedicação. Graças a Deus conquistei um repertório em que passo por vários ritmos, não apenas pelos dançantes. Há muitas baladas na minha discografia. Com Portal Sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm