Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Interventor entrega a Temer plano de gestão estratégica do Rio

Antônio Cruz/Agência Brasil

O interventor federal na segurança pública do Rio de Janeiro, general Walter Braga Netto, entregou na quinta (14), formalmente, o plano de gestão estratégica da intervenção ao presidente Michel Temer. Braga Netto disse que também apresentou ao presidente dados positivos da intervenção no estado. Ele citou que, entre abril e maio, houve queda de 11,8% nos casos de homicídio doloso, de 5,9% no roubo de veículos e de 15,7% em roubos de carga.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

“Mostramos ao presidente alguns resultados que foram obtidos nessa fase da intervenção”, disse o general. O plano tem cinco objetivos estratégicos que são: reduzir os índices de criminalidade; recuperar a capacidade operativa dos órgãos de segurança pública do Rio de Janeiro; articulação das instituições dos entes federados; fortalecimento do caráter institucional da segurança pública e do sistema prisional; e melhoria da qualidade e da gestão do sistema prisional.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse que com a intervenção foi preciso sair praticamente da “destruição” das forças de segurança do Rio de Janeiro para reestruturá-las e assim alcançar resultados. “Os números anteriores indicavam a redução da velocidade do crescimento [da criminalidade no Rio]. Afora a questão dos indicadores de confronto entre bandidos e policiais, que isso realmente aumentou, os outros indicadores que tive acesso caem. Cai roubo de carga, homicídio doloso. O que está a indicar, embora tenhamos que observar os próximos meses, que de fato começa a aparecer os resultados dentro daquilo que esperávamos”, disse.

Mudança no Gabinete de Intervenção
Braga Netto também comentou a saída do general de divisão Mauro Sinott que deixou o cargo de secretário do Gabinete de Intervenção Federal, órgão que assumiu a segurança pública no Rio de Janeiro em fevereiro deste ano. Segundo ele, a saída do general não foi motivada por desavenças.

“A saída do segundo homem da intervenção não foi por nenhuma desavença. Ele saiu porque já estava previsto e eu segurei-o por mais tempo”, disse. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm