Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Coleta realizada em Pará de Minas prejudicou e esvaziou o Banco de Sangue do HNSC. Estoque quase zerado


A Secretaria Municipal de Saúde e uma universidade firmaram parceria com a Fundação Hemominas e realizaram uma coleta de sangue em Pará de Minas no dia 20 de maio, com a participação de 120 doadores.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A intenção era reforçar os estoques da Fundação Hemominas em Divinópolis, que por sua vez, abasteceria o Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora da Conceição em Pará de Minas. A iniciativa também visava cadastrar novos doadores paraminenses.

O secretário municipal de Cultura, Comunicação Institucional, Esportes, Lazer e Turismo, e interino da Saúde, Paulo Duarte, disse á época que a pretensão é realizar esta coleta de sangue em Pará de Minas a cada dois meses.

Mas ação, apesar de bem intencionada, não trouxe benefícios para o Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora da Conceição. Pelo contrário, prejudicou e contribuiu para esvaziar o estoque de bolsas de sangue.

Informações obtidas pela reportagem do Portal GRNEWS indicam que na quarta-feira, 14 de junho, que por ironia era o Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue, havia apenas duas bolsas no Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora da Conceição, que tem demanda aproximada de até 180 bolsas de sangue por mês para atender os pacientes do Centro de Terapia Intensiva (CTI), aos que são submetidos ao tratamento de hemodiálise ou passam por algum processo cirúrgico.

Mas a situação foi pior ainda no sábado, 10 de junho. De acordo com informações obtidas pela reportagem, em dado momento foi preciso priorizar qual paciente precisava mais da transfusão de sangue, pois, não havia bolsas para atender a todos os pacientes necessitados.

Pessoas que acompanham de perto a dificuldade enfrentada pelo Banco de Sangue do HNSC disseram que durante a coleta de sangue realizada em Pará de Minas pela Secretaria Municipal de Saúde e a universidade, o doador tinha que dizer que o sangue era para o Hospital Nossa Senhora da Conceição. Caso não fizesse isso e muitos não fizeram, o sangue coletado no município foi direcionado para outros municípios. Não, que outros pacientes não precisem, mas o estoque em Pará de Minas está quase zerado.

Acrescentaram que as negociações para a realização dessa coleta em Pará de Minas teriam sido iniciadas no núcleo da Fundação Hemominas em Divinópolis, mas não prosperaram porque em Divinópolis sabiam que o Banco de Sangue do HNSC seria prejudicado. Então, os idealizadores desta ação teriam procurado a direção da Fundação Hemonimas em Belo Horizonte, que autorizou a coleta e determinou que a equipe de Divinópolis fizesse a coleta em Pará de Minas.

O pior é que nas ações seguintes, caso sejam realizadas, deverá ser deslocada para fazer a coleta junto aos paraminenses uma equipe de Belo Horizonte. Caso se concretize, nem se o doador disser que o sangue é para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, as bolsas ficarão em Pará de Minas. A situação é muito preocupante.
Perguntada sobre o assunto, Fabíola Nogueira, coordenadora de Captação do Banco de Sangue do HNSC, não quis entrar muito em detalhes. Mas confirmou que a coleta de sangue realizada pela Secretaria Municipal de Saúde e a universidade prejudicou e contribuiu significativamente para esvaziar o estoque do Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora da Conceição:

Fabíola Nogueira
fabioladoacaocoleta1

Ela diz que a proposta inicial objetivava captar novos doadores. Entretanto, as pessoas que já são doadoras cadastradas no Banco de Sangue do HNSC aproveitam que tem uma ação na cidade para doar e assim evitar o deslocamento até Divinópolis nos ônibus disponibilizados para levá-los até o núcleo da Fundação Hemominas a cada quinze dias. Como fazem doação aqui, precisam esperar 60 ou 90 dias para doar novamente e nas viagens seguintes não podem ir com a equipe do HNSC, fazendo baixar o estoque no hospital. Caso ação se repita a cada dois meses, a previsão é que falte sangue para os pacientes em Pará de Minas:


Fabíola Nogueira
fabioladoacaocoleta2

Fabíola Nogueira confirma que há alguns dias não havia em estoque nenhuma bolsa de sangue para atender pacientes que estavam internados no Hospital Nossa Senhora da Conceição:

Fabíola Nogueira
fabioladoacaocoleta3

Além desta ação que provocou a queda no estoque de bolsas, Fabíola Nogueira cita a queda na temperatura e dificuldade para algumas famílias conseguirem doadores para reposição, como outras causas para a situação crítica que se encontra o Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora da Conceição:

Fabíola Nogueira
fabioladoacaocoleta4

Como o estoque de bolsas no Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora da Conceição está praticamente zerado, a coordenação se desdobra para atender a demanda e captar doadores.

Fabíola Nogueira diz que o HNSC disponibiliza a cada quinze dias o transporte para os doadores. Entretanto, quem não puder doar nas datas estipuladas e puder se deslocar em outros dias, até o núcleo da Fundação Hemominas em Divinópolis, deve fazer a doação e informar que é para o Banco de Sangue do Hospital Nossa Senhora da Conceição, que está precisando muito da ajuda dos doadores:

Fabíola Nogueira
fabioladoacaocoleta5

Quem pode doar sangue
De acordo com a Portaria 2.712 de 12/11/2013 e a RDC 51, do Ministério da Saúde, estão aptos a doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 69 anos. A idade máxima para a primeira doação é até 60 anos.

Já os adolescentes com 16 e 17 anos somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização por escrito, com firma reconhecida em cartório.

O modelo de autorização está disponível no site da Fundação Hemominas. Todos os candidatos devem pesar acima de 50 quilos; não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas e não ter tido hepatite após os 11 anos de idade.

Na semana da doação não pode estar tossindo, com ferimentos pelo corpo. Outra exigência é não ter permanecido ou visitado regiões brasileiras endêmicas para Doença de Chagas.

Contato
A cada quinze dias um ônibus sai da porta do Hospital Nossa Senhora da Conceição, Centro de Pará de Minas, e segue para a Fundação Hemominas em Divinópolis. Quem quiser obter mais informações sobre doação de sangue deve ligar para o telefone (37) 3233-5461.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm