Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Convênio garante R$ 12 milhões para trabalhadores rurais sem terra

convenio_agraria
O secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Professor Neivaldo, assinou esta semana o convênio com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no valor de R$ 12 milhões para o desenvolvimento de assentamentos em Minas Gerais. Os investimentos vão beneficiar diretamente 4,5 mil famílias, de 90 assentamentos de nove territórios de desenvolvimento: Metropolitano, Mata, Sul, Triângulo Norte, Triângulo Sul, Norte, Central, Oeste, Vale do Rio Doce.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Do total de R$ 12 milhões, R$ 4,5 milhões serão liberados neste mês. O restante será disponibilizado em 2017 e 2018. A ideia do convênio é promover a agregação de valor aos produtos da reforma agrária, por meio da implantação e estruturação de agroindústrias familiares. Outro objetivo é apoiar a comercialização e a realização de feiras, como o Festival Nacional de Arte e Cultura da Reforma Agrária, que será realizada pela primeira vez em Belo Horizonte, de 20 a 24 de julho.

Para Professor Neivaldo a assinatura do convênio com o Incra reforça o compromisso da Seda com os movimentos sociais, com os trabalhadores rurais sem terra, com a produção agroecológica e com os assentados da reforma agrária.

“O desenvolvimento agrário envolve vários aspectos da agricultura familiar e a valorização e a divulgação da arte e da cultura do homem e da mulher do campo integram esse esforço da secretaria em promover a cidadania no meio rural”, diz o secretário.

O superintendente regional do Incra, Gilson de Souza, classificou a parceria como “histórica”. O convênio permite à Seda executar ações do Terra Sol, programa do Incra para o desenvolvimento de assentamentos da reforma agrária.

“O instituto não tem pernas e braços suficientes para abarcar todo o estado. Daí a razão maior da importância desse convênio para que a Seda possa estender as pernas e braços do Incra e atender nosso público preferencial. É uma parceria saudável que unifica movimento social, governo estadual, prefeituras e governo federal”, diz o superintendente do Incra.

Além da realização de feiras, os investimentos serão usados para elaboração de projetos de engenharia, contratação de serviços, realização de obras e aquisição de equipamentos, caminhões e kits feiras.

Dia histórico
Segundo o dirigente do setor de produção do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Filipe Russo, o convênio vai ajudar a estruturar a agroindústria no campo, nos assentamentos, gerando emprego e renda. “Vai fortalecer as cooperativas, os grupos de mulheres e jovens, que estão sendo organizados em todo território mineiro”, afirma.

Para Russo, com a assinatura do acordo, o Festival Nacional de Arte e Cultura da Reforma Agrária começa a sair do papel. “É um dia histórico. Os agricultores familiares, os quilombolas, os indígenas e os assentados vão mostrar que a reforma agrária também se desenvolve em Minas Gerais, por meio da produção agroecológica e as agroindústrias do campo”, ressalta.

Também participaram da reunião os subsecretários Luiz Ronaldo Carvalho (Agricultura Familiar) e Danilo Daniel Araújo (Acesso à Terra), o superintendente de Acesso a Mercados e Comercialização, Lucas Scarascia, o representante da direção estadual do MST, Nei Zavaski, entre outras autoridades. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm