Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

100 mil mulheres empreendedoras das Américas foram fortalecidas pelo BID e multinacionais

Fernando Frazão/Agência Brasil/Arquivo

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e oito empresas multinacionais se comprometeram a promover ações concretas para fortalecer as capacidades de 100 mil mulheres empreendedoras das Américas. A informação é da EFE.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A iniciativa, apresentada no marco da III Cúpula Empresarial das Américas, realizada em Lima, procura capacitar, conectar e certificar mulheres empreendedoras de todo o hemisfério com uma série de ações a serem desenvolvidas até 2021.

“Apenas 22% das pequenas e médias empresas da América Latina e Caribe são de propriedade de mulheres e costumam ter muitos problemas para crescer, diversificar e exportar”, disse em entrevista coletiva o presidente do BID, Luis Alberto Moreno, junto a altos executivos de multinacionais como Google, IBM, Microsoft, Facebook, Coca-Cola, PepsiCo, MasterCard e Danper.

Moreno lembrou que o BID lançou há dois anos a plataforma online Mulheres ConnectAmericas, voltada para oferecer capacitação e contatos a empresárias, uma iniciativa que já conta com a adesão de 50 mil mulheres empreendedoras.

Bom começo
“Este é um bom começo para o que queremos conseguir, com metas muito ambiciosas. Agora, com estes oito parceiros tão importantes, vamos trabalhar nos próximos três anos para fortalecer as capacidades destas 100 mil mulheres empreendedoras”, explicou o presidente do BID.

Cada empresa contribuirá com suas próprias ações para a iniciativa, que vão desde capacitação em tecnologia, facilitação de financiamento para acesso a ferramentas e oportunidades concretas para as empreendedoras serem provedores de grandes empresas.

“É necessário fomentar o empoderamento feminino, porque quando as mulheres prosperam as economias amadurecem”, afirmou Juan Batiz, diretor de Assuntos Públicos para a América Latina do Facebook.

Para Olga Reyes, vice-presidente de Assuntos Públicos para a América Latina da Coca-Cola, não só é importante capacitar as mulheres em áreas como finanças e gestão de processos produtivos, mas também, e particularmente, para que elas “percam o medo” do fracasso empresarial. “Esse medo está embutido nas pequenas, médias e grandes empresárias. Isso é uma das coisas que temos que trabalhar seriamente”, afirmou Olga. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm