Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Vereadores ainda não concluíram relatório final sobre denúncias feitas por Timbé


A reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pará de Minas foi realizada na noite desta segunda-feira, 13 de novembro. Logo início, as Comissões Permanentes apresentaram pareceres das denúncias apresentadas pelo ex-secretário municipal de Gestão Pública, Fernando Antônio do Amaral, o Timbé.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

As análises feitas pelos vereadores e as conclusões em torno das questões levantadas foram lidas da Tribuna Livre. A maioria dos pareceres foi mostrada para o público presente, mas ainda serão demonstradas outras informações.

Foram votados e aprovados 32 requerimentos e uma moção de aplausos. Também foram discutidos novamente os problemas relacionados à dívida do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e a intervenção da prefeitura.

O Projeto de Lei 176/17, de autoria do vereador Rodrigo Alves Meneses (PMDB) entrou em pauta. Porém, a matéria teve o pedido de vistas do vereador Márcio Eustáquio Rodrigues (PTC). O autor explicou que o objetivo é acabar com logomarcas das administrações e gerar economia para o município:


Rodrigo Alves Meneses
camararodrigoalves

O vereador Nilton Reis Lopes (PMDB) apresentou um requerimento pedindo ao Conselho Municipal de Trânsito um estudo dos vários cruzamentos das avenidas Presidente Vargas e Professor Mello Cançado. Segundo ele, em alguns trechos vem acontecendo acidentes constantemente.

Cobrou também uma postura firme do prefeito Elias Diniz (PSD) em garantir o atendimento aos casos de urgência e emergência da população no Hospital Nossa Senhora da Conceição:


Nilton Reis Lopes
camaraniltonreis

O vereador Antônio Carlos dos Santos (PTB) também ficou muito satisfeito com a reabertura do único hospital de Pará de Minas. Ele espera que o processo de intervenção seja um sucesso e garanta a devida assistência à população:


Antônio Carlos dos Santos
camaraantoniocarlos

Outra matéria analisada foi o veto do prefeito ao Projeto de Lei 174/17 que institui a Planta de Valores Imobiliários. O Poder Executivo vetou a lei aprovada na Câmara Municipal que revoga os aumentos do Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU).

A propositura teve o pedido da Comissão Especial para adiar a votação, o qual foi acatado pela mesa diretora. O secretário da Casa, vereador Marcus Vinícius Rios Faria (PMDB), disse que essa medida do prefeito já era esperada e agora o Poder Legislativo derrubará o veto e a discussão deverá parar na Justiça:


Marcus Vinícius Rios Faria
camaramarcusvinicius

O presidente da Casa, Mário Justino da Silva (PRB), fez um resumo muito positivo dos trabalhos realizados. Ele explica que o relatório final da Comissão Especial que investiga as denúncias feitas por Timbé será divulgado nos próximos dias:


Mário Justino da Silva
camaramariojustino

A próxima reunião Ordinária da Câmara Municipal será realizada na próxima segunda-feira, 20 de novembro, a partir das 18 horas, horário regimental. Toda a população é convidada a assistir e acompanhar os trabalhos do Poder Legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm