Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

São Paulo vence o Cruzeiro no Morumbi

Foto: Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro

O Cruzeiro iniciou sua trajetória no returno do Campeonato Brasileiro com um revés polêmico diante do São Paulo. A equipe celeste perdeu o jogo no Morumbi na manhã deste domingo por 3 a 2, mas o centro das atenções foi o árbitro da partida, Rafael Traci, que marcou um pênalti polêmico a favor do time da casa, na reta final do jogo. Sassá anotou os dois gols da equipe celeste.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A Raposa dominou o duelo na primeira etapa. Logo aos 11 minutos, Sóbis fez grande passe para Sassá. Mais rápido que os adversários, o camisa 99 antecipou os defensores e foi derrubado pelo goleiro Renan Ribeiro. Na cobrança, o próprio Sassá correu para a batida e chutou a bola na trave. No rebote, Sóbis cruzou para Hudson, que cabeceou por cima.

Mesmo criando boas chances, o Cruzeiro saiu de campo na etapa inicial com placar adverso. Hernanes cobrou falta com competência, no último minuto do primeiro tempo, e botou o São Paulo na frente.

Na volta do segundo tempo, o Cruzeiro jogou em cima. Aos 5 minutos, Bryan cobrou falta na área, Digão desviou e Sassá, de voleio, empatou a partida com um golaço: 1 a 1.

Aos 11 e jogando melhor, o time celeste virou a partida. Robinho fez grande lançamento para Sassá, que ganhou a disputa com Rodrigo Caio e tocou na saída de Renan Ribeiro.

Mesmo pressionando e prestes a fazer seu terceiro gol, o Cruzeiro foi surpreendido em uma cobrança de escanteio, aos 26 minutos, quando Arboleda empatou a partida.

No entanto, o lance mais polêmico do duelo aconteceu aos 35 minutos. Gilberto e Ezequiel disputaram a bola na área, o atacante do time da casa foi ao chão, mas o árbitro Rafael Traci marcou pênalti duvidoso, gerando muitas reclamações dos atletas estrelados. Na cobrança, Hernanes converteu e botou o São Paulo na frente novamente: 3 a 2.

O jogo contou ainda com três expulsões, do atacante Lucas Pratto (São Paulo), do zagueiro celeste Digão e do atacante Rafael Sóbis.

Após a partida, os jogadores celestes citaram o bom jogo da equipe, mas lamentaram a decisão do árbitro na marcação do pênalti para o time da casa.

“Foi uma disputa de bola. Se for para dar pênaltis nesse tipo de lance, teremos uns cinco ou seis por partida. Fizemos um bom jogo e não merecíamos sair com esse resultado”, esclareceu Ezequiel, que se envolveu com Gilberto no lance do pênalti.

Quem também lamentou a postura do árbitro foi o meia Robinho. O camisa 19 destacou a luta da equipe. “Toda vez é isso, a gente sai do jogo e temos que falar de arbitragem. É difícil demais. Pênalti duvidoso, que nem a TV cravou. Perder para o São Paulo é chato, mas é normal, porque são duas grandes equipes que buscam o gol a todo momento. Agora, perder na dúvida da arbitragem, nos deixa tristes, porque viemos aqui, corremos, mas quem sai levando a atenção do jogo é a arbitragem”, acentuou.

Já o técnico Mano Menezes falou da preparação para o jogo contra o Grêmio, na quarta-feira, pela ida da semifinal da Copa do Brasil. O treinador, que preservou alguns atletas na partida deste domingo, garantiu que o Cruzeiro chegará forte para o embate que será realizado em Porto Alegre.

“Vou deixar para escalar o time na terça-feira, pensar o jogo a partir desta segunda-feira. Vamos treinar em São Paulo, depois na terça em Porto Alegre. Mas tenho certeza que a equipe será forte na quarta, tomamos os cuidados para que ela esteja forte fisicamente. Mentalmente os jogadores estão bem também, a confiança está no ponto para enfrentarmos um jogo desta grandeza. Vamos confiar bastante, as coisas tendem a funcionar bem”, projetou o treinador celeste.

Ficha do jogo
São Paulo 3z2 Cruzeiro
Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 13/08/2017 (domingo)
Local: Estádio Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Rafael Traci – PR (CBF)
Público: 56.052
Renda: R$ 1.623.971,00
Gols: Hernanes, aos 46 minutos do 1º tempo; Sassá aos 5 e aos 11, Arboleda aos 25 e Hernanes aos 36 do 2º tempo
São Paulo: Renan Ribeiro; Buffarini (Gilberto), Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Éder Militão (Jucilei), Petros (Denilson), Hernanes e Marcinho; Marcos Guilherme e Lucas Pratto. Técnico: Dorival Júnior
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel (Rafinha), Léo, Digão e Bryan; Nonoca (Thiago Neves), Hudson (Henrique) e Robinho; Alisson, Rafael Sóbis e Sassá. Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Lugano, Lucas Pratto (São Paulo); Léo, Ezequiel, Bryan (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Lucas Pratto (São Paulo); Digão e Rafael Sóbis (Cruzeiro)
Com site do Cruzeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm