Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Pagamentos aos ex-funcionários da Companhia Industrial Belo Horizonte continua dependendo da Justiça


Há aproximadamente 26 anos a Companhia Industrial Belo Horizonte funcionava em Pará de Minas produzindo tecidos e gerando empregos. Porém, a empresa decretou falência e encerrou as atividades no município.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Desde então vem se arrastando um processo trabalhista com milhares de ex-funcionários da companhia. Todos pleiteiam na Justiça há anos o recebimento de direitos com juros e correção monetária.

Parte dos valores já foi repassada aos credores, mas ainda falta a liberação de um montante. Enquanto isso os ex-funcionários continuam aguardando a liberação dos recursos financeiros porte do Poder Judiciário.

Vários advogados entraram com ações reivindicando o recebimento dos direitos trabalhistas. O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação e Tecelagem de Pará de Minas acompanha o processo de perto.

A entidade prestou todas as informações necessárias conforme cada fase do processo judicial. De acordo com o presidente Neuler Ribeiro, no ano passado o juiz responsável pela causa solicitou um novo cadastramento dos trabalhadores visando à liberação dos pagamentos.

Todas as providências foram tomadas para que os dados dos ex-funcionários fossem atualizados. Todo o trabalho foi desenvolvido de forma responsável e séria para que atendesse as exigências do juiz:


Neuler Ribeiro
industrialbhneulerribeiro1

O sindicalista disse que ficou muito animado com a promessa da liberação dos pagamentos após a apresentação da documentação exigida. Porém, o juiz solicitou uma revisão de todos os documentos apresentados e o procedimento é demorado:

Neuler Ribeiro
industrialbhneulerribeiro2

Ele explica que alguns ex-funcionários da Companhia Industrial Belo Horizonte chegam ao sindicato e cobram a liberação dos recursos. Alguns acreditam que a entidade está por trás da demora e acabam cometendo falta de educação:

Neuler Ribeiro
industrialneulerribeiro3

Um acerto de aproximadamente 60% dos direitos trabalhistas já foi feito pela massa falida. O processo demorou ao ponto de alguns ex-funcionários falecerem sem receber seus direitos. Agora os valores deverão ser repassados aos herdeiros dentro do processo de inventário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm