Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

PF detém acusados de planejar resgate de líder de contrabandistas de armas

Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) deteve nesta terça-feira (13), em Campo Grande (MS), três homens com idades entre 21 e 23 anos e uma mulher de 25 anos acusados de integrar uma quadrilha especializada no contrabando de armas do Paraguai e que planejava resgatar o líder do grupo, que já estava preso na capital sul-mato-grossense.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo o delegado federal Caio Martins, responsável por coordenar a Operação Cerberus, com a quadrilha foram apreendidas muitas armas, algumas de uso restrito, além de munições, coletes à prova de bala e veículos.

Ainda de acordo com o delegado, o “grande poderio bélico” seria empregado em um ousado plano de tentar resgatar o líder da quadrilha, Tiago Vinícius Vieira, 31 anos, quando ele deixasse a cela onde cumpre pena, no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande, para ser levado, com escolta policial, para uma consulta médica, no próximo dia 19.

Esta seria a segunda tentativa de fuga de Vieira. Em março, quando ainda estava detido no Presídio de Segurança Média de Três Lagoas (MS), policiais encontraram em sua cela uma pistola calibre 380, o que motivou sua transferência para a unidade de segurança máxima de Campo Grande.

Uma vez na capital, Vieira passou a contar com o apoio de sua namorada e dos três comparsas presos hoje para contrabandear armas de fogo do Paraguai para a Região Sudeste.

Segundo o delegado Caio Martins, o plano de resgate do grupo previa a rendição e o possível assassinato dos agentes penitenciários que estivessem escoltando Vieira para a consulta médica.

Os investigados deverão responder pelos crimes de organização criminosa, posse e comércio ilegal de armas de fogo de uso restrito e tentativa de fuga de pessoa presa. Somadas, as penas podem chegar a 28 anos de prisão para cada investigado que for condenado. Após serem ouvidos na Superintendência da PF em Campo Grande, o grupo será colocado à disposição da Justiça estadual.

O nome da operação, Cerberus, aludi ao cão de múltiplas cabeças que, na mitologia grega, era responsável por impedir a fuga das almas de criminosos que tentavam escapar do inferno. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm