Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Justiça lança campanha para alertar sobre importância da adoção legal no Rio

A Justiça do Rio de Janeiro lançou nesta quarta (11) uma campanha para alertar a população sobre a importância do encaminhamento legal de bebês para a adoção. A campanha Entregar é Proteger, da Coordenadoria Judiciária de Articulação das Varas da Infância e Juventude e do Idoso (Cevij), prevê que pais recebam orientação da Justiça para que reflitam sobre a decisão.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Além disso, os pais que quiserem entregar seus filhos para adoção participarão de uma audiência com o juiz e um representante do Ministério Público com o intuito de esclarecer as razões que os levaram a essa decisão.

De acordo com o presidente da Cevij, juiz Sérgio Luiz Ribeiro de Souza, a entrega regular da criança é de extrema importância, já que as pessoas que são habilitadas para adoção passam por um processo judicial específico que analisa particularidades sociais e psicológicas, ao contrário da situação irregular. Após esse processo, a Justiça encaminha a criança a uma família inscrita no Cadastro Nacional de Adoção.

“Por trás da entrega irregular de crianças muitas vezes está a venda dos infantes e o tráfico de órgãos, por exemplo. Ainda que não sejam os casos, a família para a qual a mãe entregou o bebê pode não estar apta a cuidar dele”, disse o juiz.

Outro objetivo da campanha é combater o preconceito contra pais biológicos que não desejam permanecer com a criança. Ele esclareceu que a decisão de entregar o bebê para adoção é uma atitude amparada pela lei e que os pais recebem orientações antes de realizar a ação.

“Na Justiça, não há julgamento moral. Entregar um bebê para a adoção é uma decisão prevista e amparada pela lei em nosso país. Nós acolhemos os pais, ouvimos suas razões, procuramos ajudar – quando se trata de uma dificuldade que pode ser superada com o apoio da rede pública – e respeitamos a decisão final”, esclareceu o juiz.

A alegria da adoção
O processo de adoção regular mudou a vida da família de Rosiane da Silva Moulin Curti e Helio Moulin Curti Junior que, após três anos de espera, adotaram um menino de 3 meses que chamaram de Pedro Henrique.

Em uma entrevista à Agência Brasil, Rosiane disse que foi criada pela avó e, desta forma, sempre soube da importância da adoção de uma criança e o amor que envolve o ato. Desde pequena, ela pensava em adotar uma criança. Quando o filho biológico fez 5 anos e começou a pedir por um irmão, ela e seu marido começaram a tomar as primeiras providências.

“Quando mais jovem, sempre falava que iria adotar uma criança e fazer o que minha avó fez comigo: dar a oportunidade e ajudar uma criança mudando sua história através de um relacionamento familiar. Me casei e aos 33 anos tive o Luiz Gustavo. E sempre falava com Helio que nosso segundo filho seria adotivo. Ao completar 5 anos, Luiz Gustavo começou a pedir um irmão e desde então o preparamos para adoção explicando que existem muitas crianças que não têm família, e então, adotaríamos uma para completar a nossa”, disse Rosiane.

Em 2012, o casal deu entrada no processo de habilitação para adoção, mas só recebeu a sentença positiva em 2014. Mais três anos se passaram com as expectativas aumentando. O casal deixou o quarto preparado para o novo filho e, segundo Rosiane, Luiz Gustavo cada vez mais perguntava pelo irmão. Até que em 16 de agosto deste ano, a família recebeu a tão esperada notícia de que a Vara da Infância tinha um menino de 3 meses para eles.

“Não dormi. Fiquei agitada, em um misto de alegria e ansiedade. Às 9h do dia seguinte, eu já queria ir para a Vara para conhecer nosso segundo filho. Meu marido ligou e nosso horário era às 15h. As horas não passavam, não conseguia comer, dormir, nem fazer nada”, admite Rosiane.

Para Rosiane, a campanha reforça que “a entrega também é um ato de amor, pois entregar é reconhecer que não tem condições de cuidar adequadamente e quem é agraciado com a chegada [da criança], assim como eu, também ama o filho que foi gerado por tempos no seu coração”. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm