Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Ministro considera momento propício para aprovação da MP do Futebol

dividasfutebol
O ministro do Esporte, George Hilton, disse na quinta (11) que os recentes escândalos de corrupção no mundo do futebol criam um momento propício para a aprovação da Medida Provisória 671, conhecida como MP do Futebol. Ele participou da comemoração dos 100 anos do Tijuca Tênis Clube, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A medida provisória define limites para os gastos e estabelece regras para o refinanciamento das dívidas dos clubes de futebol. “Ela dará aos clubes do Brasil um novo modelo de gestão, novo momento da prática do futebol, e temos a expectativa de que seja aprovada no Congresso Nacional”, afirmou.

A MP está sendo analisada por uma comissão mista no Senado, cujo prazo de apreciação é 17 de julho. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não concorda com vários pontos da MP. Na quarta (10), a reunião da comissão foi adiada pelo segundo dia consecutivo por falta de quórum.

“A CBF e os clubes precisam entender que agora é a hora de se adequarem a um novo momento, exigido não só aqui, mas no mundo inteiro”, afirmou o ministro.

Sobre a investigação dos esquemas de corrupção na Federação Internacional de Futebol (Fifa) e na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Hilton o ministro disse que a sociedade não pode ficar sem resposta. “Defendemos investigações em todas as esferas, nos Poderes Judiciário, Legislativo e Executivo. O que queremos é que isso se esclareça. E os eventuais culpados devem ser punidos.”

Em discurso na agremiação, o ministro revelou que faz aniversário no mesmo dia do clube, completando hoje 44 anos, “com muitos motivos para comemorar”, entre eles, a parceria com a associação. “Queremos ampliar ainda mais essa parceria”, disse. “Queremos descentralizar não só os clubes do eixo Sul e Sudeste, mas também os do Norte e Nordeste, para que tenhamos projetos viáveis para interiorizar essa parceria, e revelar atletas por meio desse programa.”

Para Hilton, os clubes formadores têm protagonismo muito maior do que as confederações. “A partir de um sistema nacional de esporte [projeto de lei], que vamos enviar ao Congresso Nacional, permitiremos uma formação esportiva na base. E aí, sim, faremos deste país uma potência esportiva e de forma sustentável.”

O Tijuca Tênis Clube recebeu repasse de verba do Ministério do Esporte de 2011 a 2013, de R$ 1,3 milhão, para o fortalecimento o esporte de alto rendimento de basquete, voleibol masculino e feminino, a implantação do centro de treinamento de nado sincronizado nas categorias infantil, juvenil, júnior e sênior. E, ainda, para a construção de um centro de treinamento para a formação e desenvolvimento de atletas de diferentes modalidades nas categorias mirim, infantil, infanto e juvenil, e compra de material e equipamentos.

No ano passado, a agremiação recebeu verba de R$ 958 mil, recursos provenientes da Lei Pelé, por meio da Lei Agnelo/Piva, que incluiu o CBC nos repasses.

Para o presidente do Tijuca Tênis Clube, Paulo Maciel, os investimentos do Ministério do Esporte têm sido fundamentais para que a agremiação tenha fôlego para buscar e treinar atletas. Atualmente, 13 atletas tijucanos são agraciados com o benefício do Bolsa Atleta. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm