Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

De virada, Sada Cruzeiro é Tricampeão da Superliga

voleisadacr
Diante de mais de 14.036 apaixonados torcedores, o Sada Cruzeiro (MG) se sagrou tricampeão da Superliga masculina de vôlei. Neste domingo (12.04), a equipe celeste venceu o Sesi-SP, numa reedição da final do ano passado, de virada, por 3 sets a 1 (21/25, 25/19, 27/25 e 25/19), em 2h04 de jogo, no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte (MG). Foi a vitória da equipe de melhor campanha em toda a edição 14/15 da competição.

O ponteiro Leal, do Sada Cruzeiro, foi o personagem da decisão e ficou com o Troféu VivaVôlei, após ser eleito o melhor em quadra. O atacante cubano ainda foi o maior pontuador do confronto, com 21 pontos. O oposto Wallace também pontuou bem para os cruzeirenses, com 17. Pelo lado do Sesi-SP, o oposto Theo foi o maior pontuador, com 20 acertos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

Comandante de time campeão, Marcelo Mendez deu todos os méritos ao grupo. “Os jogadores são os principais protagonistas da partida. São fundamentais e as pessoas que dão o máximo. O comprometimento deles é muito importante para o clube, comissão técnica e para eles mesmos”, destacou Mendez.

Destaque por conquistar seu sexto título na Superliga, o central Éder comemorou o resultado. “Seis títulos em sete finais é um aproveitamento considerável. Nosso time sempre foi de se destacar pelo conjunto e não por uma ou outra peça, e hoje foi tudo mundo ajudou de alguma forma. Eu, particularmente, ajudei no saque e no bloqueio e todo mundo se empenhou para conseguirmos mais um título”, disse Éder.

Eleito o melhor levantador da Superliga pela quinta vez e, assim, se tornando o jogador com mais prêmios individuais na sua posição, William Arjona parabenizou a todos os envolvidos na equipe do Sada Cruzeiro.

“Todos estão de parabéns, os atletas diretoria e todas as pessoas que nos ajudam sempre. Eu jogo para dar alegria para essa gente, orgulho para a minha família e tenho certeza que estou conseguindo fazer isso. Trabalhamos muito duro e a conquista final é o reconhecimento do trabalho. Não tem como não me emocionar. Estou muito feliz”, afirmou William.

Pelo Sesi-SP, o ponteiro Murilo lamentou o resultado, mas elogiou o adversário desta final. “Não houve uma situação só que fez a diferença. Foi o jogo forte do Sada Cruzeiro, que tem boas armas. Suportamos bem, principalmente no primeiro, depois tivemos uma grande chance no terceiro, mas não da para lamentar. Eles fizeram o que sabem, com um saque forte e uma rodagem de bola muito boa”, elogiou Murilo.

O JOGO

O Sada Cruzeiro fez o primeiro ponto do jogo. O set começou equilibrado. Com um ace do ponteiro Lucarelli, o time da capital paulista abriu dois (5/3). Bem no saque e nos contra-ataques, os visitantes foram para o primeiro tempo técnico com três de vantagem (8/5). Numa boa sequência de saques do levantador William, os mineiros empataram (8/8). O set ficou disputado ponto a ponto. O bloqueio dos paulistas era eficiente e os visitantes voltaram a abrir no marcador (16/11). O oposto Theo se destaca no ataque para o Sesi-SP e os visitantes fizeram (20/16). Quando o placar estava 22/18 para os paulistas, o treinador do Sada Cruzeiro, Marcelo Mendez, pediu tempo. Mesmo com a paralisação, o Sesi-SP seguiu melhor até o final e venceu o primeiro set por 25/21. O oposto Theo foi o maior pontuador da parcial, com nove pontos.

O segundo set começou disputado ponto a ponto. Numa disputa na rede, o Sada Cruzeiro levou a melhor e abriu dois pontos (8/6). Quando o time mineiro fez 11/8, o treinador do Sesi-SP, Marcos Pacheco, pediu tempo. Na volta da paralisação, o oposto Wallace conseguiu um ace e a diferença no marcador subiu para quatro (12/8). Numa boa sequência de saques do ponteiro Lucarelli, o Sesi-SP encostou (12/11) e foi a vez do técnico do Sada Cruzeiro, Marcelo Mendez, pedir tempo. No segundo tempo técnico, a equipe da casa tinha dois de vantagem (16/14). Com um bloqueio simples do oposto Wallace, o time mineiro segurou a diferença (18/16). O ponteiro Leal conseguiu um ponto de contra-ataque e a vantagem subiu para três (22/19). A equipe celeste dominou a parte final da parcial e deixou tudo igual no placar ao vencer o segundo set por 25/19. O ponteiro Leal foi o maior pontuador do set, com seis acertos.

Com um ace do central Isac, o Sada Cruzeiro abriu dois no início da terceira parcial (3/1). Se aproveitando dos erros dos paulistas e bem no contra-ataque, o time celeste fez 7/3. O ponteiro Murilo conseguiu um ace e a diferença no marcador caiu para dois (9/7). Bem no bloqueio, o Sesi-SP deixou tudo igual na partida (13/13). A parcial ficou disputada ponto a ponto. O time paulista foi para o segundo tempo técnico com um de vantagem (16/15). Com um ace do central Lucão, o Sesi-SP abriu três pontos (19/16). O treinador Marcelo Mendez pediu tempo. A paralisação fez bem ao time da casa que encostou no marcador (22/20). O Sada Cruzeiro conseguiu um incrível reação no final da parcial e, depois de estar perdendo o set por 24/21, venceu a parcial por 27/25.

O Sesi-SP fez os dois primeiros pontos do quarto set. Bem nos contra-ataques, o Sada Cruzeiro virou o marcador e foi para o primeiro tempo técnico da parcial, com dois de vantagem (8/6). Numa bola recuperada de cabeça pelo oposto Wallace, o time celeste abriu três (11/8). Bem no bloqueio, a equipe cruzeirense aumentou a vantagem no placar (14/10). No segundo tempo técnico, a vantagem do time celeste era de três pontos (16/13). O central Éder conseguiu um ace e o placar foi para 17/13. O saque dos donos das casa dificultavam a recepção da equipe paulista e o Sada Cruzeiro fez 22/16. O Sad Cruzeiro foi melhor até o final e venceu a parcial por 25/19 e o jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES

SADA CRUZEIRO – William, Wallace, Filipe, Leal, Éder e Isac. Líbero – Serginho
Entraram – Fernandinho, Alan, Douglas Cordeiro e Winters
Técnico – Marcelo Mendez

SESI-SP – Marcelinho, Theo, Lucarelli, Murilo, Riad e Lucão. Líbero – Serginho
Entraram – Thiaguinho, Rogério, Rafael e Maurício
Técnico – Marcos Pacheco

SUPERLIGA MASCULINA 14/15

FINAL

12.04 (DOMINGO) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 1 Sesi-SP (21/25, 25/19, 27/25 e 25/19)
HORÁRIO/LOCAL: Mineirinho, em Belo Horizonte (MG), às 10h
TEMPO DE JOGO: 2h04
MAIOR PONTUADOR: Leal (Sada Cruzeiro), com 21 pontos
TROFÉU VIVAVÔLEI: Leal (Sada Cruzeiro)

OS MELHORES DO CAMPEONATO

Ataque – Wallace (Sada Cruzeiro)
Levantamento – William (Sada Cruzeiro)
Bloqueio – Riad (Sesi-SP)
Defesa – Serginho (Sada Cruzeiro)
Recepção – Bruno Canuto (Minas Tênis Clube)
Saque – Lipe (Taubaté/Funvic)
Maior pontuador – Escobar (Minas Tênis Clube)
Com site da CBV

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm