Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Ataques “terroristas” deixam 7 milhões de venezuelanos sem telefonia móvel

Sete dos mais de 13 milhões de usuários da operadora estatal venezuelana Movilnet ficaram sem serviço de telefonia móvel nesta quinta-feira (10) devido a supostos atos de sabotagem que o governo tachou de “terroristas”. A informação é da EFE.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em entrevista coletiva, o ministro de Educação Universitária, Ciência e Tecnologia, Hugbel Roa, denunciou que estas ações começaram na segunda-feira, quando um ataque cibernético ao servidor que administra a Comissão Nacional de Telecomunicações “interrompeu os funcionamento de sites de organismos públicos e empresas”.

Houve também “nove cortes na rede de fibra ótica” da empresa estatal de telecomunicações (CANTV), em vários estados e que afetaram a prestação de serviços em toda a Venezuela, segundo o ministro, que mostrou imagens dos cortes na rede de fibra ótica em vários pontos do país. De acordo com ele, esta sabotagem não tem precedentes na CANTV desde que a companhia foi nacionalizada pelo falecido presidente Hugo Chávez, em 2007.

As autoridades estão investigando o caso para estabelecer os responsáveis, e Roa afirma que os ataques foram efetuados em “colaboração com agentes estrangeiros” que têm a intenção de “iniciar uma nova escalada” de violência na Venezuela.

A onda de protestos contra o governo de Nicolás Maduro já dura mais de quatro meses e deixou mais de 120 mortos. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm