Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Recuperação de Mossul abre espaço para volta dos deslocados, diz ONU

Acnur/Ivor Prickett/ONU

A recuperação da cidade de Mossul pelo Exército iraquiano abre espaço para criar as condições necessárias para o retorno voluntário, seguro e digno dos deslocados pelo conflito, afirmaram nesta segunda-feira (10) as Nações Unidas em um comunicado . Em nota, o secretário-geral da ONU, António Guterres, elogiou o povo e o governo do Iraque pela sua “coragem, determinação e perseverança” e disse que a retomada da cidade é “um passo significativo na luta contra o terrorismo e o extremismo violento”. As informações são da ONU News.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Guterres manifestou solidariedade pela perda de vidas no conflito e desejou pronta recuperação aos feridos. Os atuais desafios em Mossul incluem a restauração do Estado de direito, evitando o retorno à violência e promovendo a responsabilização pelas violações cometidas. O secretário-geral disse através do seu porta-voz do que a ONU estará ao lado do governo nas ações para promover a volta da normalidade à cidade.

Estima-se que 700 mil pessoas ainda estejam deslocadas de Mossul, sendo que quase metade delas vive em 19 acampamentos de emergência. Muitos dos que fugiram perderam tudo e precisam de alimentos, cuidados de saúde, água, saneamento e kits de emergência.

“Quase o inimaginável”
O Escritório da ONU para Assuntos Humanitários revelou que se observam “níveis de trauma mais elevados que em qualquer lugar” em Mossul, onde as pessoas “viveram quase o inimaginável”, segundo a coordenadora humanitária da organização no Iraque, Lise Grande. Segundo ela, 920 mil civis fugiram de suas casas após o início da campanha militar para retomar a cidade em outubro de 2016.

Lise considerou um alívio saber que a campanha militar na cidade está no fim. Mas advertiu que a crise humanitária continua. As Nações Unidas atuam há meses no terreno, onde “grandes esforços foram feitos pelo governo e pelos parceiros na linha da frente para se estar um passo adiante da crise”.

A coordenadora humanitária disse que as Nações Unidas fizeram o melhor possível para proteger e para ajudar a maioria dos que precisam de auxílio. Entre as próximas ações, que podem durar meses, a representante falou dos esforços de recuperação da cidade, onde 15 dos 54 bairros residenciais no oeste estão fortemente danificados e pelo menos 23 com danos moderados.

Além disso, ainda há civis em “extremo risco” estão isolados em áreas onde é provável que que ocorram confrontos. A meta é garantir que agências humanitárias estejam prontas para atuar nessas áreas.

Segundo Lisa Grande, as agências humanitárias já receberam 43% dos US$ 985 milhões do plano de resposta humanitária para o Iraque. Para cobrir as necessidades os parceiros exigem de US$ 562 milhões para atender as necessidades urgentes dos deslocados. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm