Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Índice cai, mas bairros de classe alta estão entre os mais infestados por Aedes aegypti em Pará de Minas


A Secretaria Municipal de Saúde de Pará de Minas promoveu mais um Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), conforme determina o Ministério da Saúde, em Brasília.

O objetivo do trabalho é avaliar a real situação dos focos do mosquito transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus, em residências. Vale ressaltar que o maior número de criadouros sempre é registrado dentro das casas.

Desta vez a situação não foi diferente e em algumas residências foram encontrados mais de um foco positivo. Grande parte foi encontrada em ralinhos de banheiros e duchas, caixas de degelo atrás das geladeiras e reservatórios de água como tambores, garrafas e pratinhos de plantas.

Em 15 dias de trabalho, por exemplo, a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura retirou mais de 20 caminhões de entulho somente no Residencial Cecília Meireles. Também foram recolhidos pneus, sofás, geladeiras e fogões velhos.

O levantamento foi realizado entre os dias 30 de julho e 3 de agosto e foram visitados 1.750 imóveis. O resultado final do LIRAa comprova a infestação de 1,3%. O último índice registrado em abril deste ano havia sido de 3,9%.

Os dados mostram que Pará de Minas está com um médio risco de epidemia. Para chegar ao nível ideal o município deve registrar um índice de 0,9% de infestação do mosquito transmissor das doenças.

De acordo com Paulo Duarte, secretário municipal de Saúde, afirma que o Poder Público vem fazendo sua parte e é indispensável o apoio de todos os moradores dos bairros onde a situação é mais crítica:


Paulo Duarte
ultimolirapauloduarte1

Não foi encontrada nenhuma larva do mosquito que transmite a Febre Chikungunya, um fator muito positivo. A população paraminense precisa apoiar o trabalho por receber os agentes de combate a Endemias, inclusive aos sábados:

Paulo Duarte
ultimolirapauloduarte2

Cada morador deve eliminar quaisquer reservatórios de água parada que podem servir de criadouro do Aedes aegypti. Para isso é preciso fazer uma vistoria regular nos imóveis.

O bairro de Pará de Minas com maior índice de infestação é o Residencial Capanema com índice 15,7%, seguido por Santa Edwiges com 11,1%. Em seguida aparecem bairros de classe alta e com índice de infestação do mosquito transmissor da dengue muito preocupante, se considerarmos que para afastar o risco de epidemia é de 0,9%, como São Luiz com 8,33%; Vila Raquel e Jardim Castelo Branco que registraram cada 7,1% e São José com 4,16%.

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm