Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Veículo atropela militares de grupo de vigilância antiterrorista na França

Um veículo atropelou nesta quarta (9), na localidade de Levallois Perret, perto de Paris, uma patrulha do dispositivo antiterrorista instalado na França após os atentados de 2015. Seis pessoas ficaram feridas, mas nenhuma delas corre risco de morte, informou à Agência EFE a prefeitura local.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

As autoridades estão em busca do veículo, que saiu do local em grande velocidade, e, por enquanto, nenhuma hipótese está descartada sobre a motivação do motorista.

O incidente aconteceu por volta das 8h locais (3h de Brasília), perto da Câmara Municipal da localidade, na periferia oeste de Paris.

A prefeitura informou que quatro militares foram feridos de forma leve e dois com mais gravidade, mas não correm perigo.

Ainda não se sabe se foi uma ação voluntária com motivação terrorista ou se foi um acidente, acrescentou o governo municipal.

Em declarações à emissora France Info, o prefeito da localidade, o conservador Patrick Balkany, considerou intolerável e vergonhosa a agressão contra os militares.

Em outra entrevista à emissora BFMTV, Balkany assegurou que “se trata, sem dúvida, de uma ação deliberada” diante do quartel em que reside um destacamento de 50 militares da Operação “Sentinele”, o dispositivo de vigilância antiterrorista mobilizado em todo o país.

O carro, um BMW, esperava em um beco próximo que os militares saíssem do quartel para iniciar sua ronda de vigilância e “acelerou com intensidade” quando os soldados apareceram, antes de fugir do local, contou o prefeito.

O quartel fica em frente a um parque, em uma região de pouco trânsito, e o carro do suposto agressor foi em direção aos militares na contramão.

Os soldados pertencem ao 35º Regimento de Infantaria e foram imediatamente hospitalizados. Os dois cujo estado é mais grave foram levados para o Centro Militar Percy, na localidade próxima de Clamart.

A ação ocorre quatro dias depois que um jovem de 18 anos tentou entrar com uma faca na Torre Eiffel, aos gritos de “Deus é Grande” em língua árabe.

O agressor, que foi rendido pelas forças da ordem, tinha permissão do hospital psiquiátrico em que estava internado, para onde voltou depois de ser examinado por especialistas.

A Procuradoria Antiterrorista abriu investigação por “tentativa de assassinato”, e por “associação criminosa com fins terroristas”. Durante a detenção, o jovem assegurou que mantém contato com o grupo jihadista Estado Islâmico. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm