Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Antônio Júlio espera derrubar liminar e assumir serviço de água e esgoto na próxima semana

licitacao_agua1
Continua o impasse entre a Prefeitura de Pará de Minas e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). Após o insucesso na negociações entre as partes e assinatura do contrato com a empresa vencedora da licitação para assumir o serviço de água e esgoto, começou uma verdadeira batalha judicial entre o município e a Copasa.

Como não participa de licitações, a Copasa apelou para o judiciário em busca de indenizações que ela julga ter direito. A estatal entrou com ação judicial solicitando uma indenização aproximada de R$90 milhões da Prefeitura de Pará de Minas pelos investimentos realizados no município.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

Servidores da prefeitura estiveram na sede da empresa para informar que o município assumiria o serviço e foram surpreendidos por dois advogados com uma liminar que a Copasa obteve em 1ª Instância em Belo Horizonte.

A determinação judicial foi respeitada e agora a prefeitura entrou com um recurso para reverter o processo. Neste contexto, o prefeito Antônio Júlio de Faria mantém o mesmo discurso afirmando que a Copasa está tratando Pará de Minas de forma irresponsável:
antjul_trga

Antônio Júlio de Faria
antjul_liminarcop1

Antônio Júlio de Faria também avisou ao colega de partido e vice-governador Antônio Andrade (PMDB) sobre a gravidade da situação e do caos que o município poderá sofrer por causa da batalha judicial:

Antônio Júlio de Faria
antjul_liminarcop2

O prefeito disse que a empresa vencedora da licitação já está instalada em Pará de Minas e aguarda a ordem de serviço. Antônio Júlio de Faria espera que na próxima semana já tenha condições de assumir o serviço de água e esgoto:

Antônio Júlio de Faria
antjul_liminarcop3

O próprio prefeito Antônio Júlio de Faria já disse que essa batalha judicial entre município e Copasa poderá demorar 25 anos. Porém, ele explicou que o processo não interferiria na transição da Copasa para a empresa vencedora da licitação, o que não vem ocorrendo. A Copasa também não está disposta a sair de Pará de Minas sem receber a indenização que julga ter direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm