Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Hábitos saudáveis garantem o controle da obesidade infantil

obesidadeinfantil
Consumo precoce e excessivo de alimentos industrializados, mais tempo em frente às telas de computadores, tablets, celulares e televisão e menos tempo de brincadeiras aeróbicas ao ar livre são hábitos que têm elevado os riscos e os índices de obesidade infantil. A obesidade já é considerada pela Organização Mundial de Saúde como uma epidemia que acomete pessoas em todo o mundo, com maior incidência em países em desenvolvimento. O aumento crescente da incidência é um desafio para a saúde pública e tem exigido ações de controle, prevenção e combate desde os primeiros anos de vida.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Levantamento da Vigilância Alimentar e Nutricional da Secretaria de Estado de Saúde (SES), feito em 2014 com mais de 600 mil crianças de zero a cinco anos, mostrou que 17,9% delas apresentavam risco de sobrepeso; 7,9% estavam com sobrepeso; e 7,7% eram obesas. Entre as 400 mil crianças entre cinco e dez anos avaliadas, 14,9% apresentam sobrepeso; 7,5% estão obesas e 4,7% têm obesidade grave.

Para o primeiro grupo, os números são menores que os registrados nos dados nacionais – 18,4% de risco de sobrepeso; 8,7% com sobrepeso; e 8,9% com obesidade. No segundo grupo, os dados nacionais são muito próximos aos encontrados em Minas Gerais – 15,1% de sobrepeso; 7,4% de obesidade; e 5% de obesidade grave.

“A obesidade quando manifestada na infância, na maioria das vezes, tende a persistir durante toda a vida adulta, agravando o problema ao longo do tempo. Por isso, a importância das ações de prevenção e promoção à saúde. Sabe-se que a obesidade traz consigo várias outras doenças crônicas, como hipertensão, diabetes e demais agravantes. E quando estas doenças se manifestam na infância, o risco de mortalidade aumenta gradativamente”, alerta a referência técnica da Coordenadoria de Alimentação e Nutrição da SES, Joyce Mara Xavier.

Enfrentamento à obesidade infantil
O combate à obesidade infantil faz parte do Plano de Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) da Secretaria de Estado de Saúde (SES), que também engloba os cuidados e prevenção à diabetes, hipertensão e outras doenças. O Programa Estruturador Cultivar, Nutrir, e Educar e o Programa Saúde na Escola atuam no ambiente escolar, trabalhando a questão da alimentação saudável com o estímulo ao consumo de frutas e hortaliças e a redução no consumo de sal. Além de ações de promoção à saúde e prevenção de doenças, com acompanhamento da saúde e desenvolvimento infantil.

O incentivo ao aleitamento materno e à alimentação completamente saudável até os dois anos de idade é outra frente de combate à obesidade infantil. Crianças que mamam mais tempo no peito têm acesso tardio aos alimentos industrializados que favorecem a ocorrência de obesidade. Desde 2013, já foram qualificados no estado 552 tutores e 3.051 profissionais das Unidades Básicas de Saúde para atuar nesse estímulo.

A referência técnica da Coordenadoria de Alimentação e Nutrição da SES, Joyce Mara Xavier, reforça que a participação da família é imprescindível para a redução dos índices de obesidade na infância, já que os adultos além de responsáveis financeiros pela alimentação das crianças são os exemplos dos pequenos no consumo dos alimentos. Ela orienta evitar alimentos muito industrializados e com alto teor de conservantes.

“Os alimentos processados e ultraprocessados, aqueles que são totalmente industrializados e assim se distanciam muito dos alimentos in natura, são os mais prejudiciais à saúde da família. A primeira coisa que a família deve fazer é dar o exemplo. Além disso, os familiares precisam estimular atividades ao ar livre, para as crianças serem estimuladas a realizar atividades físicas desde pequenas”, aconselha.

Outra dica da especialista é que as famílias façam as refeições à mesa e longe dos aparelhos eletrônicos, com tempo suficiente para mastigar bem os alimentos e desfrutar de todas as sensações agradáveis da refeição. “Além de aumentar o vínculo familiar, quando a pessoa assenta-se à mesa a alimentação torna um momento de prazer sem ser um período em que a pessoa é bombardeada por outras informações e assim evita o excesso de alimentos ingeridos sem necessidade”, orienta.

Ações da SES para controle da obesidade
Visando a redução dos índices, não apenas no público infantil, mas também nos demais públicos, a Secretaria de Estado de Saúde elaborou o Plano de Ação Estadual para Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis, que aborda a obesidade e outras doenças como diabetes e hipertensão.

É um plano intersetorial que engloba a Atenção Primária, a Assistência Farmacêutica, o Programa Hiperdia e a Rede de Urgência e Emergência. A proposta é ter ações em três eixos: Promoção à Saúde, Vigilância, Informação, Avaliação e Monitoramento e Atenção Integral. As ações do plano são monitoradas a cada quatro meses.

Desde 2011, o Programa Academia da Saúde é uma das estratégias da SES para controle da obesidade e outras doenças crônicas. São 494 polos no estado, distribuídos em 368 municípios. No programa são ofertadas atividades físicas acompanhadas por profissionais de saúde e informações sobre alimentação e hábitos saudáveis.

A SES também estabeleceu uma parceria com os municípios, desde 2012, para incentivar a prática de atividade física nas Unidades de Saúde. Atualmente, 597 municípios realizam as atividades, segundo a proposta do projeto. O Projeto Unidades Promotoras de Saúde é outra ferramenta no controle a obesidade que atua na promoção à saúde dos servidores, através de ações multiprofissionais de controle do tabagismo, alimentação saudável e atividade física e práticas corporais, álcool e outras drogas.
Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm