Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Olimpíadas de matemática serão integradas a partir de 2017

matematica

A partir de 2017, o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) vai unificar as olimpíadas escolares promovidas pela instituição. A Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) e a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) passam a ser feitas de forma conjunta. As mudanças foram anunciada nesta segunda (7) durante a cerimônia de premiação da edição 2015 da Obmep.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo o diretor-presidente do Impa, Marcelo Viana, a unificação faz parte do plano de expansão do instituto, com a ampliação das atividades oferecidas para celebrar o Biênio da Matemática 2017/2018, aprovado pelo Congresso Nacional no mês passado. No ano que vem, o Rio de Janeiro sedia a Olimpíada Internacional de Matemática e, em 2018, o Congresso Internacional de Matemáticos, onde é concedida a Medalha Fields, recebida pelo brasileiro Artur Ávila em 2014.

“Além da ampliação do campus, o plano de expansão prevê o alargamento da Olimpíada de Matemática, que nós não vemos como uma obra acabada, mas sim um projeto vivo e em construção. A partir de 2017 a Obmep será integrada com a OBM, construindo uma única e grande edição, aberta a todas as escolas brasileiras, sem exceção. Isso será feito de modo a que nada, absolutamente nada, mude no que tange à participação das escolas públicas na olimpíada. A inscrição, o número de medalhas será o mesmo”.

O novo modelo prevê premiações separadas para escolas públicas e particulares. Os objetivos da Obmep são estimular o ensino da matemática no país e descobrir talentos para a área e atualmente tem a participação cerca de 18 milhões de estudantes. Já a OMB seleciona jovens para representar o país nas competições internacionais e tem cerca de 500 mil inscrições por ano. Com a unificação, a expectativa é que a olimpíada geral agregue mais 3 milhões de participantes.

Melhoras no ensino
Viana também anunciou que, em breve, a competição será estendida ao primeiro segmento do ensino fundamental. Atualmente, participam estudantes do sexto ano do fundamental ao terceiro do médio. O coordenador da Obmep, Claudio Landim, disse que, com a Obmep, é possível detectar melhoras no ensino da matemática no país e as oportunidades que ela oferece aos jovens.

“Com o programa Obmep nas Escolas, de formação e incentivo aos professores coordenadores da olimpíada, essas escolas conseguem, em média, 26 pontos a mais no Prova Brasil em matemática. O Portal da Matemática, inaugurado dois anos atrás, tem 8 milhões de visualizações, com média de 15 minutos por visita, o que mostra o interesse do aluno. Outro projeto que vamos lançar é uma coleção de livros didáticos que vai ficar livre na internet e vamos oferecer ao MEC para impressão”. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm