Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Prefeitura de SP é questionada sobre contrato para câmeras de segurança

O Tribunal de Contas do Município de São Paulo deu 48 horas para que a prefeitura responda a questionamentos sobre a contratação da empresa Dream Factory, que venceu a licitação para a organização da infraestrutura do carnaval de rua da cidade, e da empresa GWA Systems, que fez a instalação de câmeras de monitoramento do carnaval. No último domingo (4), um folião morreu eletrocutado ao encostar em um desses postes.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Entre as questões que foram encaminhadas à Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais estão a solicitação do nome do engenheiro responsável pela instalação das câmeras e pedido de esclarecimentos sobre o ocorrido.

O documento do Tribunal de Contas também pede a adoção de medidas pela secretaria para avaliar a segurança e se a infraestrutura é adequada para a passagem de blocos esta semana, durante o carnaval.

A prefeitura disse que está colaborando com as investigações da Polícia Civil e dos demais órgãos e que o pedido do Tribunal de Contas será atendido no prazo adequado.

Morte de folião
No último domingo, Lucas Antônio Lacerda da Silva morreu por choque elétrico na Rua Matias Aires, no bairro Consolação, durante a passagem de um bloco carnavalesco pela região. Há suspeita de que câmeras instaladas pela GWA Systems para monitoramento do carnaval possam ter provocado o choque elétrico no jovem. A empresa foi contratada pela Dream Factory.

Em nota, a Secretaria de Prefeituras Regionais informou que solicitou ao Departamento de Iluminação Pública (Ilume) e à Eletropaulo que vistoriem os locais onde a empresa Dream Factory instalou as câmeras de seguranças. “Essa lista, com 110 equipamentos fixos, das quais 58 em postes, foi repassada apenas ontem pela empresa que venceu o edital de chamamento de patrocínio do Carnaval de rua da cidade”, diz a nota.

O Ilume informou que realizou uma vistoria em todos os postes da região da rua da Consolação para identificar eventuais instalações irregulares de câmeras. “Foram localizados 16 aparelhos. Todas as câmeras foram desenergizadas na mesma noite de domingo”, informou o departamento, em nota.

A GWA Systems, contratada pela Dream Factory para a instalação das câmeras, informou que sempre seguiu as normas técnicas e de segurança que regulamentam o setor em que atua. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm