Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Chiquinho do Gás entra para Galeria dos Benfeitores e vereadores rebatem declarações de prefeito sobre denúncias


A Câmara Municipal de Pará de Minas se reuniu na noite desta segunda-feira, 7 de maio, para discutir e votar apenas uma proposta. Em pauta o Projeto de Resolução 02/18 que autoriza a adquirir e fixar o retrato de Francisco Júnior, Chiquinho do Gás, na Galeria de Benfeitores de Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A proposta foi aprovada em dois turnos por 15 votos a favor e nenhum contra. Foram apresentados cerca de 45 requerimentos, a maioria solicitando a limpeza de ruas e avenidas que estão sujas por causa do mato.

Em seguida foram convocados os oradores inscritos. Um dos assuntos mais comentados foi o início das obras do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) no distrito de Torneiros. A unidade muito aguardada trará benefícios especialmente para os pais que precisam trabalhar fora e não tem onde deixar os filhos.

A previsão é de que a empreiteira responsável entregue o novo prédio em um prazo de um ano. Também serão construídas quadras poliesportivas e um parquinho para as crianças.

Outra questão abordada pelos vereadores se refere as declarações do prefeito Elias Diniz (PSD) após o arquivamento das denúncias contra ele apresentadas pelo vereador Dilhermando Rodrigues Filho (PSDB).

O gestor apresentou muitos documentos para pautar suas explicações. Já o denunciante utilizou a tribuna livre do Poder Legislativo e rebateu a entrevista concedida pelo chefe do Poder Executivo durante coletiva de imprensa.

Dilhermando Rodrigues Filho ressalta que nenhum valor foi citado nos autos e diz que a empresa contratada para ministrar o treinamento dos servidores da saúde responde processo no município de Rondonópolis-MT.

Disse que o Ministério do Trabalho não tem nada a ver com a lei que obriga os lotações a terem motoristas e trocadores nas linhas. Em relação à contratação das OSCIP’s explica que a contratação não estava errada e sim a divulgação antecipada de artistas para a festa no Parque de Exposições Francisco Olivé Diniz e em outro evento:


Dilhermando Rodrigues Filho
rddilhermandorodrigues1

Afirmou que o prefeito utilizou dados da gestão passada enquanto as denúncias recaem sobre a atual administração. Explicou que o decreto 201 não prevê a defesa por ocasião da votação e que não existe motivo para retratar porque o papel do vereador é fiscalizar e cobrar com base em provas:

Dilhermando Rodrigues Filho
rddilhermandorodrigues2

O vereador Ênio Talma Ferreira de Rezende (PSDB) discordou do argumento usado na semana passada de que o decreto que ditava o rito do processo era da época da Ditadura Militar e obsoleto. Segundo ele, não houve qualquer revogação da norma e por isso está vigente. Entretanto, considerou correta a decisão de arquivamento das denúncias:


Ênio Talma Ferreira de Rezende
rddenunciaseniotalma

O presidente da Casa, Marcus Vinícius Rios Faria (MDB), fez uma avaliação dos trabalhos durante a reunião Ordinária. Também falou sobre a repercussão sobre as denúncias contra o chefe do Poder Executivo. Para ele, nenhuma das questões levantadas foram devidamente respondidas:


Marcus Vinícius Rios Faria
rsreuniaomarcusviniciusriosfaria

A próxima reunião Ordinária da Câmara Municipal acontecerá na segunda-feira, 14 de maio, a partir das 18 horas, horário regimental. Toda a população é convidada a assistir e acompanhar os trabalhos dos vereadores paraminenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm