Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Vigilância Sanitária de Pará de Minas fecha comunidades terapêuticas após denúncias


Recentemente a equipe de fiscalização do Departamento de Vigilância Sanitária de Pará de Minas visitou alguns espaços onde funcionavam comunidades terapêuticas, as chamadas fazendinhas de recuperação que acolhem pessoas viciadas em álcool e drogas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O objetivo é fazer com que as entidades assistenciais cumpram as normas estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e a Lei 22.460 que foi sancionada no dia 24 de dezembro de 2016.

A norma garante o contato frequente do usuário com a família desde o início do tratamento; o desenvolvimento de projeto terapêutico junto com os centros de Atenção psicossocial (CAPS-AD); monitoramento e promoção de atividades de prevenção com base em critérios científicos.

A legislação também estabelece que as comunidades terapêuticas acolherão somente as pessoas com transtornos do abuso de álcool e drogas. Os viciados deverão aderir de forma voluntária e ser encaminhados pela rede pública de saúde.

De acordo com a fiscal sanitária Silvana Aparecida Martins, antes de começar o funcionamento de uma casa terapêutica é preciso cumprir todos os requisitos e apresentar a documentação necessária para o município:


Silvana Aparecida Martins
fiscalizacaofazendinhasilvana1

Ela confirma que foram investigadas três denúncias contra instituições assistenciais. Os estabelecimentos não foram reconhecidos como comunidades terapêuticas e foram fechados pela fiscalização:

Silvana Aparecida Martins
fiscalizacaofazendinhasilvana2

Ressalta que toda comunidade terapêutica deve disponibilizar um profissional de saúde responsável pelas prescrições de medicamentos. Outra exigência é de um programa de atividades para que os internos não fiquem ociosos:

Silvana Aparecida Martins
fiscalizacaofazendinhasilvana3

Em Pará de Minas funcionam algumas fazendinhas que são devidamente acompanhadas pelo poder público. O trabalho social é realizado em parceria com CAPS-AD, CERSAM, Postos de Saúde, Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (COMAD) e o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop).

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm