Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

GEF Mar contrata consultores até dia 10

Marcello Lourenço

Estão abertas até o dia 10 deste mês as inscrições para o processo de seleção de consultorias individuais especializadas para levantar e compilar dados que subsidiarão os estudos de criação e ampliação de unidades de conservação (UCs) marinhas (Veja abaixo como participar da seleção).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

As consultorias são para ampliação do Parque Nacional Marinho de Abrolhos, na Bahia, e criação das UCs marinhas Cordilheira Vitória Trindade e Foz do Rio Doce, ambas no Espírito Santo, Albardão, no Rio Grande do Sul, e Recifes da Foz do Rio Amazonas, no Pará. As unidades a serem criadas ainda não têm categoria definida, o que só será decido após os estudos.

A iniciativa é do projeto Áreas Marinhas Protegidas (GEF Mar), criado e implementado pelo governo federal em parceria com instituições privadas e da sociedade civil com o objetivo de promover a conservação da biodiversidade marinha e costeira do País.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão gestor das UCs federais, integra o projeto. O processo seletivo está a cargo do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio), que administra os recursos do GEF Mar.

GEF Mar
Iniciado em 2014, o projeto GEF Mar tem duração de cinco anos (vai até o final de 2019) e seu objetivo principal é apoiar a criação e a implementação de um sistema representativo e efetivo de áreas marinhas e costeiras protegidas para reduzir a perda de biodiversidade. A ideia é aumentar para 5% a superfície protegida do bioma marinho, totalizando 175 mil km², área maior do que a Grécia.

As ações beneficiarão em torno de 43 milhões de pessoas, ao longo de 514 mil km² do litoral brasileiros. As medidas trarão melhorias sociais e econômicas decorrentes da proteção da capacidade dos ecossistemas costeiros e marinhos de produzir alimentos e manter a boa qualidade da água e potencializarão as condições de resistência e recuperação da degradação.

O projeto tem um investimento inicial de US$ 18,2 milhões do Fundo Ambiental Global (GEF, na sigla em inglês), via Banco Mundial, e conta com contrapartidas do governo brasileiro, por meio do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e ICMBio. Com ICMBio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm