Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Arrecadação do setor de seguros cresceu 8,2% até novembro de 2016

O setor de seguros do país arrecadou R$ 210,6 bilhões de janeiro a novembro de 2016, resultado 8,2% maior que no mesmo período do ano anterior. O balanço inclui as carteiras de seguros gerais, vida, previdência complementar aberta e capitalização, que são mercados supervisionados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). O número não inclui o segmento de saúde suplementar.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (Cnseg) prevê que a expansão do setor de seguros em 2016 atinja 9% com os números de dezembro.

Já para 2017, o crescimento consolidado poderá alcançar até 11%, segundo o presidente da entidade, Marcio Serôa de Araujo Coriolano. O resultado, no entanto, vai depender “dos avanços no país em termos de fundamentos, reformas básicas e recuperação econômica”.

Segundo Coriolano, as principais contribuições para o incremento da arrecadação do setor de janeiro a novembro vieram dos ramos de seguro de vida individual, que cresceu 28,4%, correspondendo a 2,8% do total do setor de seguros; dos planos de previdência VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres), que tiveram expansão de 20,8%, com participação de 42,9% do total do mercado; do seguro rural e seguro habitacional, cujo aumento foi de 10,1%, cada, equivalendo a 1,6% e 1,5%, respectivamente, do total da arrecadação do setor; e do ramo de seguros de crédito e garantias, que aumentou 8,9% e correspondeu a 1,3% da arrecadação total.

Já o seguro de automóveis manteve a tendência de queda, fechando o acumulado de 11 meses do ano com retração de 2,7%. A arrecadação somou R$ 28,6 bi, representando 13,6% do total do setor. Também registraram desempenhos negativos os ramos de riscos de engenharia (- 25,2%); seguro de garantia estendida (-9,7%); capitalização (-3,5%); planos tradicionais de risco (- 6,4%); e seguros de vida coletivos (- 0,5%).

Saúde
No segmento de saúde privada, regulado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), os números mostram que até setembro doe 2016, a arrecadação foi de R$ 120,7 bilhões, com crescimento de 12,2% ante o mesmo período de 2015. De acordo com a Cnseg, a saúde suplementar representou 41% do total da receita dos seguros em termos amplos que, até setembro, incluindo os planos de saúde, atingiu R$ 291,5 bilhões. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm