Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Serviços públicos em Pará de Minas funcionam normalmente após a paralisação dos caminhoneiros


A paralisação dos caminhoneiros nas principais rodovias do país trouxe muitos transtornos para toda a sociedade brasileira nos últimos dias. Mesmo assim o movimento teve o apoio da grande maioria dos cidadãos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A categoria protestou contra a nova política adotada pela Petrobras que resultou em constantes aumentos no preço dos combustíveis, especialmente no óleo diesel. O governo concedeu redução de R$ 0,46 no litro.

Também foi aprovada uma tabela mínima do valor dos fretes e foi publicada uma medida provisória para que 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) será aberto aos caminhoneiros autônomos.

Ainda foi isenta a cobrança de pedágios para os veículos com eixos suspensos. Após essas medidas o movimento demorou a chegar ao fim e enquanto isso os prejuízos econômicos continuaram.

Nos últimos dias os proprietários de veículos enfrentaram longas filas para abastecer. O PROCON Municipal baixou uma norma para que os combustíveis foram limitados a R$ 100,00 para os carros e R$ 30,00.

O objetivo da medida era colocar limites para que um número maior de veículos fosse atendido. Nesta segunda-feira, 4 de junho, finalmente a rotina da população voltou ao normal.

De acordo com o prefeito Elias Diniz (PSD) a maior parte dos serviços públicos voltou a normalidade. Apenas os procedimentos da área de saúde serão restabelecidos totalmente nesta terça-feira, 5 de junho:


Elias Diniz
retornodosservicoseliasdiniz1

O chefe do Poder Executivo discordou da solução encontrada pelo governo federal para colocar fim a greve dos caminhoneiros. Ele acredita que o ideal é adotar uma alíquota variável dos impostos para impedir os aumentos constantes provocados pelo mercado internacional:

Elias Diniz
retornodosservicoseliasdiniz2

Enquanto o setor público retoma as atividades normais, as empresas privadas contabilizam os prejuízos provocados pela greve dos caminhoneiros e estuda maneiras de reduzir os impactos econômicos.

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm