Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Preço alto da gasolina derruba primeiro-ministro da Jordânia


O primeiro-ministro da Jordânia, Hani al-Mulk, foi forçado a renunciar, depois de protestos de rua crescentes contra o aumento no preço da gasolina, eletricidade, água, transporte público e tabaco, além de maior impostos para 165 produtos, feitos para atender o FMI e reduzir o déficit público, no valor de 40 bilhões de dólares.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O rei Abdullah cancelou uma viagem ao exterior, diante dos protestos no reino. Nas redes sociais os jordanianos estão escrevendo: “Não toque em meu salário”; “Governo de Ladrões” e “Não roubem nossos direitos”. A manifestação ocorrida no sábado levou 200 mil pessoas às ruas. Um boicote aos postos de gasolina foi proclamado.

A última vez em que os jordanianos saíram as ruas protestando foi em 1989, mas em número bem menor que os de hoje. Pediam a remoção do primeiro-ministro Zaid al-Rifai, o cancelamento do estado de emergência, reformas democráticas e o fim de medidas econômicas drásticas, cancelados os subsídios existentes.

O rei Abdullah já congelou o preço do combustível, para apaziguar os súditos. Ele deve também alterar o pacote de medidas enviado para aprovação. Como o pai, no passado, ele prefere trocar ministros de seu governo e atender às reivindicações das ruas do que perder o trono. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm