Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

ALMG realiza nesta quarta debate sobre energias renováveis

energia_solar_fotovoltaica
A Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza nesta quarta-feira (4), o Debate Público Energia de Fontes Renováveis – O Novo Ciclo do Ouro em Minas Gerais. O evento, que será no Teatro, das 9 às 18 horas, discutirá o potencial de produção de energia elétrica em Minas Gerais por meio de fontes de origem solar fotovoltaica, eólica, de pequenas centrais hidrelétricas e de sistemas de cogeração energética. Além disso, pretende-se identificar as oportunidades de mercado e os entraves para a implementação desses processos no Estado.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

O debate público, requerido pelo presidente da comissão, deputado Gil Pereira (PP), contará com a participarão entidades privadas envolvidas na área e empreendedores do setor elétrico, além de instituições públicas de regulação ambiental e dos ramos de tributação, fomento e financiamento. O público também poderá participar por meio de perguntas dirigidas aos palestrantes durante o evento.

Na avaliação de Gil Pereira, o aproveitamento das fontes renováveis de energia elétrica já é realidade e provocará um novo ciclo de desenvolvimento econômico em Minas Gerais. Ele entende que essas fontes atuam de forma complementar, revelando um aspecto estratégico. “A energia do vento é maior à noite, enquanto a solar tem seu pico ao longo do dia. Ambas podem ser aproveitadas de modo a economizar água das hidrelétricas, o que é fundamental diante da irregularidade do regime de chuvas verificado nos últimos anos”, argumenta.

Energia solar
O parlamentar enfatiza que o Atlas Solarimétrico da Cemig revelou que o Norte de Minas detém o 4º melhor ponto solar do País, destacando-se também o Triângulo Mineiro e o Noroeste de Minas. “Com um investimento de R$ 1,3 bilhão, a usina solar de Pirapora (Norte de Minas) atingirá 240 MW de capacidade. Nos próximos dois anos, entrará em operação a maior planta de energia solar da América Latina”, comentou Gil Pereira.

A utilização da energia solar fotovoltaica em residências e empresas também está sendo ampliada. “Entre 2014 e 2016, a adoção dessa fonte quadruplicou, passando de 424 para 1.930 conexões, sendo Minas Gerais a líder, com 373”, comemora o deputado. A expectativa é que esse número cresça ainda mais, uma vez que foi revista a Resolução Normativa 482/12, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), simplificando a adesão dos consumidores à energia fotovoltaica. Segundo a agência reguladora, o crescimento pode ser de até 800% em 2016.

Inscrições
Os interessados podem se inscrever gratuitamente até as 15 horas de 3 de maio. As vagas são limitadas à capacidade do local.

Consulte abaixo a programação do evento:

Horário Atividade
9 horas Abertura
9h15 Panorama das fontes de energia renováveis

  • Elbia Silva Gannoum, presidente-executiva da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEólica);
  • Rodrigo Lopes Sauaia, presidente-executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSolar);
  • Plínio Pereira, conselheiro da Associação Brasileira de Fomento às Pequenas Centrais Hidroelétricas (AbraPCH);
  • Mário Campos, presidente da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais, Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool no Estado de Minas Gerais e Sindicato da Indústria do Açúcar no Estado de Minas Gerais (Siamig);
  • Márcio Severi, presidente da Associação Brasileira de Energia Limpa (Abragel);
  • Gabriel Guimarães, membro fundador da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD).
12 horas Intervalo
14 horas Mesa de Debate I – Financiamentos e Política Tributária

  • Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG);
  • Banco do Nordeste;
  • Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES);
  • Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig);
  • Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais.
15h30 Mesa de Debate II – Regulação e Meio ambiente

  • Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel);
  • Cemig;
  • Efficientia S.A.;
  • Empresa de Pesquisa Energética (EPE);
  • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama);
  • Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico;
  • Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável;
  • Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais;
  • Ministério Público de Minas Gerais.
17h30 Debate aberto ao público
18 horas Encerramento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm