Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Relatório de gestão é lançado pelo Ministperio da Fazenda

Valter Campanato/Agência Brasil

O Ministério da Fazenda lançou nesta terça (3) um relatório de gestão que servirá de modelo para outros órgãos. Elaborado segundo recomendações do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), o documento traz a prestação de contas do ministério de forma simplificada e destaca as medidas da pasta para aumentar a transparência.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo o ministro Henrique Meirelles, o relatório representa não apenas uma justificativa aos órgãos de controle, mas à sociedade. Para ele, o aumento da transparência eleva a confiança da população no governo.

“A esperança de uma nação se dá em função da boa governança. A adoção pelo país de políticas públicas adequadas, que levem a crescimento e a geração de empregos”, declarou o ministro. Meirelles acrescentou que uma boa gestão leva ao uso racional dos recursos públicos, ajudando o governo a cumprir o teto federal de gastos.

“Existe uma melhora para o ambiente de negócios do país desde a adoção do teto de gastos. O governo agora trabalha não na expansão dos gastos, mas na melhor gestão, no melhor uso possível. Cada vez mais o governo está se adequando ao tamanho da economia do país e à capacidade de o país crescer”, acrescentou o ministro, que hoje anunciou que deixará o comando da Fazenda no fim desta semana.

O secretário-executivo da Fazenda, Eduardo Guardia, informou que o relatório, o primeiro do tipo no governo federal, baseia-se em três premissas: gestão descentralizada, precisão de conceitos e diretrizes claras.

Segundo ele, uma das grandes inovações do documento consiste em monitorar riscos de práticas que resultem em má gestão e traçar ações para reduzi-los.

“Experimentamos o desafio importante de transcender visão das caixinhas das secretarias isoladas [dentro do ministério]. O relatório traz uma visão conjunta do Ministério da Fazenda, uma visão clara de conjunto e direcionamento estratégico. Nosso próximo desafio é definir metas com critérios de desempenhos em cada órgão [da pasta], até para definir a distribuição de recursos escassos. As secretarias com melhor desempenho terão prioridade para receber verbas”, explicou.

O presidente do TCU, Raimundo Carreiro, classificou o relatório de inovador. Ele explicou que o Ministério da Fazenda foi o primeiro órgão federal a cumprir uma instrução normativa relatada pelo ministro Benjamin Zymler de simplificar a administração das contas públicas.

“Este relatório não é apenas para o TCU, mas para a sociedade. Em vez de 3 mil páginas, o documento está simplificado em 174 páginas. Vim receber as contas [da pasta] como homenagem ao Ministério da Fazenda, que se prontificou a ser o modelo de partida de inovação que o tribunal está implantando”, concluiu. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm