Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Eduardo Barbosa quer incluir atividade do profissional de apoio escolar na Classificação Brasileira de Ocupações

Divulgação

O deputado federal Eduardo Barbosa apresentou essa semana um Requerimento de Indicação ao Ministério do Trabalho sugerindo a criação da atividade do profissional de apoio escolar dentro da Classificação Brasileira de Ocupações – CBO.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015, Estatuto da Pessoa com Deficiência (LBI) traz em seu texto o direito ao profissional de apoio escolar e o deputado Eduardo Barbosa acha importante a inclusão dessa categoria na CBO, prestigiando assim essa ocupação. “Apesar dos muitos e inegáveis avanços já conquistados pela legislação em vigor, sabemos que as diretrizes legais para a educação inclusiva ainda demandam medidas de reforço para que se produzam os resultados almejados, por isso essa medida é tão importante”, afirmou.

O deputado propõe a mesma descrição da atividade constante na LBI: Profissional de apoio escolar: pessoa que exerce atividades de alimentação, higiene e locomoção do estudante com deficiência e atua em todas as atividades escolares nas quais se fizer necessária, em todos os níveis e modalidades de ensino, em instituições públicas e -privadas.

“É uma medida simples e que certamente ampliará a visibilidade dessa atividade, atraindo trabalhadores para esse mercado e reforçando o direito a esse tipo de serviço em favor dos estudantes que dele necessitam para frequentar com sucesso a escola”, afirmou.-

Em 2016, o Deputado apresentou o Projeto de Lei n° 6559, de 2016, com o objetivo de alterar o art. 59 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação nacional (LDB), para dispor sobre a formação mínima dos profissionais de apoio escolar previstos no art. 28, XVII, da LBI (Estatuto da Pessoa com Deficiência). O projeto já foi aprovado na Comissão dos Direitos das Pessoas com Deficiência e encontra-se pronto para a pauta na Comissão de Educação, com parecer da Relatora pela aprovação.

Indicação é uma proposição em que o Deputado sugere a outro Poder (Executivo ou Judiciário) a adoção de alguma providência (artigo 113 do Regimento Interno). Esse instrumento regimental difere do projeto de lei porque só pode propor a adoção de um procedimento. A indicação poderá sugerir, ainda, que outro Poder encaminhe à Câmara um projeto de lei sobre matéria de sua iniciativa exclusiva, ou seja, sobre assunto que só pode ser regulamentado se a iniciativa for daquele Poder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm