Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Vendas no varejo caem 3,6% no trimestre

As vendas do comércio varejista do Rio de Janeiro caíram 3,8% em março comparado a março do ano passado, fechando o trimestre com retração acumulada de 3,6% frente a igual período do ano passado. Os dados foram divulgados nesta quinta (3) pelo Centro de Estudos do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

De acordo com o CDL, o resultado de março repete os fracos resultados dos dois primeiros meses do ano, que foram de quedas de 3,7% em janeiro e de 4,4% em fevereiro, sempre tendo como base de comparação igual mês do ano passado.

Para o presidente do CDL-Rio, Aldo Gonçalves, a “crise financeira” por que passa o estado é a principal causa da retração no comércio varejista. “Para aumentar ainda o quadro de dificuldades enfrentadas pelo comércio, especialmente o carioca, a crise financeira do estado, a maior da sua história, continua refletindo nas vendas, o que tem colaborado para afastar os consumidores das compras”, disse.

Bens
A pesquisa constatou que em março todos os segmentos de bens não duráveis (o chamado Ramo Mole do comércio) e de bens duráveis (Ramo Duro) apresentaram resultados negativos. As retrações em março variaram dos 19,9% do setor de tecidos, passando pelos menos 15,4% de calçados, até os menos 0,7% do setor de móveis, o de menor queda. O setor de confecções fechou em queda de 8%, óticas, menos 6,6%); joias menos 11,5% e eletrodomésticos, menos 2,2%.

Em sua maioria, o consumidor optou pelas vendas a prazo, que fecharam positivo em 0,2% em março frente a março do ano passado. Em contrapartida, as vendas à vista cairam 7,6%.

Em relação às vendas conforme a localização dos estabelecimentos comerciais, a pesquisa indica que no segmento de bens não duráveis caíram mais no centro da cidade, onde as lojas venderam 15,7%, enquanto a queda na zona sul ficou em menos 8,3%% e as da zona norte em menos 6,9%.

Já no segmento de bens duráveis, os números divulgados pelo Clube dos Diretores Lojistas indicam que a queda maior continuou ocorrendo nos estabelecimentos comerciais do centro da cidade, onde a queda chegou a 7,6%, seguido da zona sul com menos 2,3% e da zona norte com menos 1,6%.

A pesquisa Termômetro de Vendas ouviu 750 estabelecimentos comerciais. Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm