Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Vôlei de Praia: brasileiros começam bem etapa de Huntington Beach, nos EUA

Foto: Divulgação/FIVB

As duplas brasileiras do naipe masculino repetiram o feito das mulheres e também largaram bem na etapa quatro estrelas de Huntington Beach, nos EUA. Das seis duplas em ação, cinco estrearam vencendo nesta quinta-feira (03.05) e avançaram ao Round 3 na chave dos vencedores. Ricardo e Oscar (BA/RJ) tropeçaram na estreia, mas venceram horas mais tarde pela repescagem e seguem no torneio californiano.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A etapa continua nesta sexta-feira, com as partidas da repescagem, Round 3 e oitavas de final. A etapa norte-americana é realizada em parceria com a AVP, principal liga norte-americana da modalidade. O sistema é de dupla eliminatória, onde quem vence, avança direto. Quem perde uma vez vai à chave dos perdedores (repescagem), disputa mais jogos e não pode perder uma segunda vez ou acaba eliminado da competição.

Alison/Bruno Schmidt (ES/DF), Álvaro Filho/Saymon (PB/MS), Evandro/André (RJ/ES), Pedro Solberg/George (RJ/PB) e Vitor Felipe/Guto (PB/RJ) começaram com vitória e foram para chave dos vencedores, onde o número de jogos para chegar à semifinal é menor.

Campeões do SuperPraia no último domingo (29.05), Evandro e André Stein mantiveram o embalo e venceram os canadenses Nusbaum e Plantinga por 2 sets a 1 (18/21, 21/12, 15/11), em 51 minutos. Na próxima fase eles encaram os noruegueses Anders Mol e Christian Sorum. Se vencerem, estão nas oitavas de final do torneio. Evandro analisou a estreia.

“Está ventando bastante e isso atrapalhou um pouco, especialmente no primeiro set. Não jogamos nosso melhor, mas o importante foi sair com a vitória, dar continuidade ao torneio na chave dos vencedores. Tivemos tranquilidade de saber que em alguns momentos sofreríamos e perderíamos pontos no lado com mais vento”, disse o carioca, que completou.

“Consegui encontrar uma boa série de saques no segundo set, isso foi bom para entrarmos bem no tie-break, com o psicológico forte. O torneio é bem bonito e estamos felizes. Seguimos firmes para os próximos jogos, sempre com paciência e estudo”, analisou Evandro.

Os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt, vice-campeões do SuperPraia no último domingo, também começaram bem nos EUA. Eles superaram os russos Sivolap e Yarzutkin por 2 sets a 0 (21/14, 21/15), em 31 minutos, e agora encaram os letões Samoilovs e Smedins, campeões do Circuito Mundial em 2013 e 2014, no Round 3. Os times se enfrentaram 10 vezes e cada dupla venceu cinco confrontos.

Outra dupla brasileira com bom início foi de Pedro Solberg (RJ), atleta olímpico, e seu parceiro George (PB), campeão mundial Sub-19 e Sub-21. Eles largaram vencendo os norte-americanos Billy Allen e Ryan Doherty por 2 sets a 0 (21/13, 21/19), em 33 minutos. Na próxima rodada a dupla enfrenta os holandeses Brouwer e Meeuwsen, bronze nos Jogos Olímpicos Rio-2016. Será o primeiro jogo entre essas duas formações.

Álvaro Filho e Saymon também tiveram pela frente uma dupla norte-americana na primeira rodada. E também venceram. A dupla campeã brasileira na temporada 16/17 superou Taylor Crabb e Jake Gibb por 2 sets a 1 (18/21, 24/22, 15/10), em 55 minutos. Os adversários no Round 3 também serão ‘donos da casa’. Eles enfrentam o campeão olímpico Dalhausser e seu parceiro Nick Lucena, em duelo inédito, na busca por um lugar nas oitavas de final.

Vitor Felipe e Guto começaram o torneio vencendo os atuais campeões pan-americanos Lombardo Ontiveros e Juan Virgen, do México. Os brasileiros, que passaram uma semana se preparando na Califórnia e não disputaram o SuperPraia, venceram por 2 sets a 0 (21/16, 21/15), em 37 minutos. Eles encaram na próxima rodada os poloneses Losiak e Kantor. Os times nunca se enfrentaram anteriormente.

Único time que largou com derrota, Ricardo/Oscar (BA/RJ) deu a volta por cima e se manteve vivo no torneio. Eles foram surpreendidos na estreia pelos argentinos Azaad e Capogrosso por 2 sets a 1 (18/21, 21/19, 15/13), em 51 minutos.

Já na chave dos perdedores (repescagem), venceram os norte-americanos Chase Budinger, ex-atleta do basquete com atuação na NBA, e seu parceiro Sean Rosenthal, por 2 sets a 0 (21/13, 21/19), em 33 minutos de partida. Na próxima fase eles encaram os também norte-americanos Billy Allen e Ryan Doherty para seguirem na competição.

Nesta etapa não há limites de duplas estrangeiras e o evento é realizado em parceria com a AVP, principal liga norte-americana de vôlei de praia. Os times campeões na etapa californiana recebem 800 pontos no ranking geral e cerca de R$ 68 mil em prêmios. Ao todo são 150 mil dólares em premiação às duplas participantes.

Até agora o Brasil soma quatro medalhas no Circuito Mundial 2018, sendo uma de ouro, duas de prata e uma de bronze. Após as etapas dos EUA e da Turquia, o próximo evento do tour com times do país será na Suíça, em torneio três estrelas na cidade de Lucerna, de 9 a 13 de maio. Com site da CBV

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm