Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Português comandará organização da ONU para Migração

Martial Trezzini/EFE/direitos reservados/Agência Brasil

O português António Vitorino foi eleito na sexta-feira (29) diretor-geral da Organização Internacional de Migração (OIM) em substituição ao americano William Lacy Swing. Em seis décadas, é a primeira vez que a entidade não será comandada por um norte-americano.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Vitorino, que assumirá o cargo em 1º de outubro, foi comissário europeu de Justiça e Interior (1999-2014) e ministro da Presidência e da Defesa (1995-1997) de Portugal no governo do então primeiro-ministro socialista António Guterres, atual secretário-geral da Organização das Nações Unidas.

Jurista por formação, Vitorino concorreu ao mais alto cargo da OIM com a costa-riquenha Laura Thompson, que foi diretora-geral adjunta da organização na última década.

Em setembro de 2016, a OIM se tornou a agência da ONU especializada em migrações, após cinco décadas como um órgão multilateral independente.

Desde sua fundação, a OIM só teve dirigentes norte-americanos, o que chegou a ser visto como uma espécie de tradição favorável para manter o importante apoio financeiro que os Estados Unidos deram à instituição.

Eleição
Além do português e da costa-riquenha, também concorreu ao cargo o americano Ken Isaacs que teve sua imagem muito associada à de Donald Trump e sua política migratória de tolerância zero, durante a campanha, tendo, inclusive, evitado comentar a construção de um muro na fronteira dos Estados Unidos com o México e a separação de famílias de imigrantes ilegais.

O candidato americano foi eliminado na terceira rodada de votações, quando obteve apenas 22 votos, frente aos 52 da representante costa-riquenha e 69 do candidato português, cuja eleição foi confirmada na quinta rodada.

Brasil elogia escolha
O governo brasileiro, por meio do Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, elogiou a escolha de António Vitorino. Em nota, o Itamaraty informou que o Brasil está à disposição para colaborar com o êxito do mandato do novo diretor-geral.

“O governo brasileiro faz votos de que o diretor-geral eleito da OIM tenha êxito na condução da organização como agência líder na área da migração, na implementação e no seguimento do Pacto Global sobre Migração; assim como em prol do cumprimento dos objetivos relacionados à migração na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.”

O Brasil integra a OIM ao lado de mais 165 países. Com Agência Brasil/EFE

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm