Banner Águas de Pará de Minas   Prefeitura de Pará de Minas

Equipamentos de subsidiária holandesa serão nacionalizados pela Petrobras


O Ministério do Planejamento autorizou, por meio de uma portaria, o uso de R$ 32,7 bilhões da Petrobras para a aquisição de equipamentos submarinos que estavam sob propriedade de sua subsidiária holandesa, a Petrobras Netherlands B.V. (PNBV). As máquinas, que já são usadas no Brasil, serão nacionalizadas e incorporadas ao patrimônio da estatal.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

De acordo a Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, vinculada ao Ministério do Planejamento, a Petrobras irá se beneficiar do Repetro-Sped, novo regime aduaneiro especial estabelecido em dezembro do ano passado pela Lei Federal 13.586/2017, em substituição ao Repetro. Foram desonerados alguns investimentos em atividades de exploração, de desenvolvimento e de produção de petróleo, de gás natural e de outros hidrocarbonetos.

Nas importações de bens cuja permanência no país é definitiva, deixaram de incidir tributos federais como o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o PIS/Pasep e o Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Confins).

“A Petrobras avaliou que seria interessante e vantajoso transferir esses equipamentos para o patrimônio da empresa, deixando assim de arcar com uma espécie de arrendamento pago à sua subsidiária. A nacionalização dessas máquinas também contribui para o aumento da transparência”, disse Fernando Soares, secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais.

Fernando explica que, em agosto do ano passado, foi aprovado o Orçamento de Investimento das Empresas Estatais, que não previa a aquisição dos equipamentos pela Petrobras. Com a criação do Repetro-Sped em dezembro, a transação tornou-se atraente, mas dependia de autorização do Ministério do Planejamento. A anuência veio por meio da Portaria 187/2018, publicada hoje no Diário Oficial da União.

Os equipamentos serão adquiridos com recursos próprios da Petrobras, não havendo qualquer aporte do Tesouro na estatal. Segundo Fernando, a portaria somente autoriza um ajuste no orçamento de investimento da empresa, liberando o crédito suplementar de R$ 32,7 bilhões. “Não há qualquer impacto para o cumprimento das metas fiscais da União”, acrescenta. Com Agência Brasil

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm