Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Produtores têm até 10 de junho para declarar vacinação contra febre aftosa

vaca_leite_produtor_rural_agro
A campanha de vacinação contra a febre aftosa terminou no dia 31 de maio e não foi prorrogada. Os produtores inadimplentes devem procurar o escritório do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), buscar uma carta de vacinação, a compra da vacina e posteriormente a declaração.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook     Siga o Portal GRNEWS no twitter

Até o final do prazo da campanha o IMA havia constatado o índice parcial de 80% do rebanho da região. A Organização Mundial de Saúde Animal preconiza o índice de 95% dos rebanhos como o ideal.

Os produtores têm até o dia 10 de junho para declarar a vacinação contra a febre aftosa. Após esse prazo os irregulares que não vacinaram e nem declararam estará sujeito a multa de R$68,07 por cabeça.

Já os produtores que vacinaram, mas não declararam, terão que pagar multa no valor de R$13,61 por cabeça. Lucas Silva Jardim, gerente do escritório do IMA em Pará de Minas, ressalta que a fiscalização na propriedades rurais será rigorosa:
lucsilv_ima

Lucas Silva Jardim
lucsjd_aftosa

Os inadimplentes também passam a ser considerados produtores com maior risco sanitário para a febre aftosa na região de Pará de Minas. Além de levar os animais à morte, a febre aftosa afeta a exportação de carne para os países compradores, causando sérios prejuízos financeiros ao país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm