Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Norte-americanos enviaram mais de 600 pedidos de visto eletrônico ao Brasil

O Brasil recebeu 616 solicitações de vistos de norte-americanos na primeira semana de funcionamento do processo eletrônico para simplificar a emissão dos documentos nos Estados Unidos. Desses, 327 já haviam sido emitidos nesta quinta-feira (1º).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A simplificação dos vistos de visita por sistema eletrônico, o chamado e-Visa, começou em 21 de novembro na Austrália. Em janeiro, a medida entrou em vigor para cidadãos do Japão (dia 11), do Canadá (dia 18) e dos Estados Unidos (dia 25).

Ao todo, foram 5.354 vistos de visita solicitados na modalidade eletrônica desde 21 de novembro, nos quatro países. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o sistema foi amplamente aceito na Austrália, país escolhido para iniciar o processo.

Os pedidos por meio eletrônico já representam a maioria das solicitações vindas da Austrália. Foram 3.990 pedidos no período, sendo 3.752 concedidos e 139 pendentes de autorização.

No Canadá foram 458 pedidos, com 308 vistos emitidos e 144 em análise. Já no Japão, os serviços consulares receberam 289 pedidos, sendo que 262 já foram concedidos.

De acordo com o Itamaraty, os consulados nesses quatro países foram responsáveis, em 2016, por 63,74% dos pedidos de visto de turismo e de 58,15% dos vistos de negócios feitos ao Brasil.

O Ministério do Turismo afirma cerca de 570 mil turistas norte-americanos viajam ao Brasil por ano e injetam US$ 710,5 milhões na economia.

Com o visto eletrônico, o visitante desses países terá mais comodidade para solicitar o documento. O processo de solicitação, análise e emissão leva de um a três dias.

Um norte-americano que more longe de uma representação consular, por exemplo, poderá fazer o pedido pelo computador, por um celular ou por um tablet. Ele encaminhará os documentos digitalizados para a empresa responsável pelo serviço, a VFS Global, que fará uma pré-análise e repassará às autoridades brasileiras.

Segundo o diretor do Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos do Itamaraty, Paulo Roberto Soares Pacheco, o e-Visa foi uma solução criativa para facilitar a vida dos turistas sem abrir mão da reciprocidade de países que exigem visto dos brasileiros.

Pacheco ressalta que a medida é eficiente para evitar eventuais fraudes. “O futuro de matéria de visto é o visto eletrônico, porque garante segurança, sobretudo contra fraudes”, disse.

O visto de visita tem duração de dois anos ou pelo período de validade do passaporte. Segundo o Itamaraty, para os vistos de maior duração, é necessário procurar um consulado brasileiro. A modalidade tradicional não foi extinta nesses quatro países.

Mais informações sobre o e-Visa podem ser obtidas no site da VFS Global (www.vfsglobal.com/brazil-evisa) . Com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm