Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Vazio sanitário da soja em Minas começa neste sábado

Começa neste sábado (1º) o período do vazio sanitário da soja em todo o território mineiro, medida que ficará em vigor até 30 de setembro. Durante os próximos três meses fica proibido o plantio de soja, ao mesmo tempo em que deverão ser eliminadas todas as plantas vivas desta cultura nas lavouras mineiras.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O vazio sanitário tem o objetivo de prevenir e controlar a ferrugem asiática, praga causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, que destrói as plantas infectadas com prejuízos para os produtores, para a economia e para o abastecimento do mercado.

“Nesse período as plantações ficam livres dos hospedeiros (plantas de soja), diminuindo a incidência da praga na safra posterior”, explica Nataniel Diniz Nogueira, gerente de Defesa Vegetal do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), órgão responsável por fiscalizar o cumprimento da medida.

O IMA estima fiscalizar neste ano cerca de 730 propriedades em todo o estado, principalmente nas regiões Noroeste, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, que concentram o maior volume de produção do grão, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

As fiscalizações são frequentes também nas áreas de abrangência das coordenadorias regionais do IMA em Uberlândia, Montes Claros, Passos, Oliveira e Varginha.

Multas
Nos casos em que durante a fiscalização é encontrada soja cultivada em propriedade rural o produtor é notificado pelo IMA e tem prazo de até 10 dias para erradicar a respectiva plantação.

Na segunda vistoria, caso não tenha cumprido a determinação do Instituto estará sujeito à multa de 1,5 mil Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs), o equivalente a R$ 4.877,10.

Este será o décimo primeiro ano consecutivo em que o vazio sanitário da soja é realizado em Minas Gerais, desde que foi instituído em 2007.

“Ao longo destes anos o IMA fiscalizou cerca de 5,2 mil propriedades com pouquíssimos casos em que foi necessário aplicar a multa, após a notificação inicial. Isso reflete o bom nível de conscientização do produtor rural de que, ao cumprir o período do vazio sanitário ele está protegendo, antes de mais nada, o seu patrimônio e fonte de renda que é a sua lavoura”, argumenta Nataniel Diniz.

O vazio sanitário está normatizado pela Resolução nº 1.393/2015 da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e Portaria nº 1503/2015 do IMA.

O gerente de Defesa Vegetal do IMA esclarece que a soja poderá ser cultivada nas situações previstas na legislação e desde que autorizado pelo Comitê Estadual para Controle da Ferrugem Asiática da Soja, presidido pelo Instituto.

Minas Gerais é o sexto maior produtor nacional de soja com produção prevista de 4,9 mil toneladas para este ano, de acordo com a Seapa. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm