Banner Águas de Pará de Minas   Banner Facebook

Agricultores familiares de Jequitibá vão fornecer 34 toneladas de feijão para a prefeitura de BH

Divulgação/Emater

Quinze agricultores familiares de Jequitibá, na região Central, vão fornecer mais de 34 toneladas de feijão carioca tipo 1 para a alimentação escolar de alunos da rede municipal de ensino de Belo Horizonte. O contrato de um ano com a prefeitura da capital foi assinado por representantes da Cooperativa dos Agricultores Familiares de Jequitibá e Região (Cooperaje) e da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Smasan).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Segundo dados do escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) em Jequitibá os produtores já possuem experiência com o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), desde 2012, antes mesmo de formar a cooperativa.

Depois, organizados na Cooperaje, os agricultores familiares passaram a comercializar hortifrutigranjeiros a partir de 2014. “Atualmente a cooperativa vende para oito municípios próximos a Sete Lagoas, sendo esse o primeiro fornecimento de feijão beneficiado”, explica Marilene Figueiredo, que integra a equipe técnica da Emater-MG que presta assistência aos agricultores.

De acordo a extensionista da Emater-MG, a empresa exerce importante papel na assistência técnica à cooperativa, que tem 45 cooperados, desde a sua criação em agosto de 2013. Sempre chamando a atenção para a atuação em equipe, ela salienta a importância do trabalho de educação continuada em cooperativismo, na perspectiva do fortalecimento da agricultura familiar em relação ao mercado.

“O contrato com a prefeitura de BH foi um estímulo e poderá ser seu divisor de águas”, afirma Marilene, satisfeita com mais esse passo dado pela organização dos agricultores.

Já segundo a extensionista Mara Dias de Castro, também da equipe da empresa pública de extensão rural, o próximo passo será a implantação de uma unidade de beneficiamento de feijão no município de Jequitibá para a limpeza, classificação e embalagem do grão. Por enquanto, o trabalho é terceirizado. “É a Emater trabalhando a inclusão produtiva”, diz.

O município de Jequitibá tem na agricultura familiar o seu pilar, sendo a horticultura a principal atividade, com a produção de tomate, mandioca, abóbora, moranga, abobrinha italiana, cenoura, beterraba e folhosas, entre outras.

Com a maior comercialização do feijão, via mercados institucionais, como o PNAE, isso pode mudar e melhorar as opções de vendas desses produtores. O PNAE é um programa do Governo federal que garante que 30% dos recursos para a merenda escolar sejam destinados à compra de gêneros alimentícios produzidos pela agricultura familiar. Com Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm